Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Em janeiro, ticket médio dos brasileiros com compras online teve aumento de 3%

Sexta-feira, 25 de janeiro de 2019   Tempo de leitura: 1 minuto

Os brasileiros estão gastando mais nas compras online, segundo um levantamento realizado pela Rakuten Digital Commerce. Nos primeiros seis dias de janeiro, o ticket médio subiu 3%, quando comparado com o mesmo período do ano passado, e atingiu o valor de R$ 429.

O setor dos eletrodomésticos é o que apresenta o maior valor gasto pelos consumidores, de R$ 1.101, seguido de materiais de construção com um ticket médio de R$ 861. Já as compras de artigos de papelaria e material escolar registraram um valor médio de R$ 786. “O segmento de papelaria e material escolar teve uma alta de 11% no ticket médio durante o período analisado. Mas isso já era esperado, uma vez que estamos na época de preparação para o volta às aulas”, explica René Abe, CEO e Presidente da Rakuten Brasil.

A maior variação do ticket médio foi registrada no segmento de joias e presentes, com um aumento de 30%. Em segundo lugar está o setor de brinquedos e bebê (27%), seguido por moda e acessórios (20%).

Categorias que tiveram as maiores altas

1 – Joias e Presentes
Ticket médio: R$ 278
Variação: 30%

2 – Brinquedos e bebês
Ticket médio: R$ 337
Variação: 27%

3 – Moda e acessórios
Ticket médio: R$ 314
Variação: 20%

4 – Alimentos e bebidas
Ticket médio: R$ 394
Variação: 15%

5 – Papelaria e material escolar
Ticket médio: R$ 786

Variação: 11%.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.