Logo E-Commerce Brasil

Tendências de fraude no Brasil

Por: Redação E-Commerce Brasil

Equipe de jornalismo E-Commerce Brasil

Para as empresas de eCommerce, a batalha para antecipar-se à fraude nos pagamentos é difícil e está sempre mudando. Os fraudadores ficam mais inteligentes, ousados e sofisticados a cada ano, desenvolvendo novas táticas e técnicas que, em pouco tempo, reduzem a eficácia das medidas estáticas de prevenção de fraude.

O uso de plataformas avançadas de machine learning podem ajudá-lo a:

Ter certeza de que sua plataforma de gerenciamento de risco de fraude usa modelos de detecção de fraude flexíveis e modernos para ajudar a otimizar suas receitas

Aceitar mais pedidos legítimos sem medo usando uma pontuação de risco precisa e fornecida em tempo quase real

Ter a segurança de que sua solução de gerenciamento de risco de fraude está atuando com eficácia em segundo plano, usando dados transacionais e insights globais de pagamento que não estão disponíveis para nenhuma outra plataforma de detecção de fraude

Abaixo, saiba mais sobre as tendências de fraude em 2022 e como essas tendências afetam as empresas brasileiras.

Tendências

Teste de cartão: Teste de cartão acontece quando fraudadores testam detalhes de cartão de crédito roubados fazendo pequenas compras online.

Roubo de conta: O fraudador obtém acesso a uma conta que não pertence a eles, altera informações como credenciais de login ou informações pessoais e, em seguida, faz transações não autorizadas

Fraude limpa: Um fraudador usa um cartão de crédito roubado para fazer uma compra online, inserindo informações corretas do titular do cartão para que a transação pareça genuína e contorne as verificações de segurança do varejista

Auto fraude: Ocorre quando um consumidor faz uma compra online com seu próprio cartão de crédito e, em seguida, solicita um chargeback do banco emissor após receber os bens ou serviços adquiridos

Fraude de re-envio: Um fraudador, que usa dados de pagamento roubados para comprar mercadorias e paga pessoas para atuarem como destinatários da entrega. Essas pessoas, por sua vez, reenviam essas mercadorias para o fraudador ou para outro local para que revenda do produto possa ser efetuada

Fraude amiga: Um cliente compra um item usando seu próprio cartão de pagamento, então afirma que a compra não foi autorizada ou que o item não chegou. O varejista reembolsa o cliente, que também mantém o item – efetivamente recebendo-o gratuitamente

Fraudes 1º semestre 2022 no Brasil

R$ 355 Ticket médio de fraude

50 DIAS Tempo médio para marcação de chargeback data da data do pedido

64% Percentual de fraude em celulares

2.7% Percentual de fraude em retirada na loja

Top 5 estados com mais fraude: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Goiás

Quer saber como a inteligência artificial pode ajudar a reduzir as fraudes: 

Download Agora