Redação E-Commerce Brasil

8 em 10 brasileiros consideram a segurança dos dados online o mais importante

Segunda-feira, 18 de março de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

Quando o assunto é experiência online, 84% dos brasileiros consideram a segurança dos dados o aspecto mais importante esse resultado é 10 pontos percentuais acima da média global (74%). Outros dois atributos mais valorizados em suas experiências nos canais digitais são a conveniência e a personalização do relacionamento. É o que revela a pesquisa global de Fraude e ldentidade 2019 da Experian. O estudo, que ouviu mais de 10 mil pessoas em 21 países, entre eles o Brasil, também explora como a confiança é criada entre consumidores e empresas no mercado digital.

“Cada vez mais as pessoas exigem transparência e segurança na hora de comprar e se relacionar com as empresas no ambiente digital. Por isso, proteger os dados dos consumidores é essencial para aumentar a confiança deles nas suas experiências online e, assim, possibilitar a consolidação e crescimento dos canais digitais das empresas”, diz o diretor de Produtos de Identidade e Prevenção à Fraude de Decision Analytics da Serasa Experian, Eduardo Castro.

Confiança e transparência no uso das informações pessoais

Segundo a pesquisa, 90% dos consumidores entrevistados em todos os 21 países têm consciência de que suas informações pessoais são coletadas, armazenadas e usadas pelas empresas que operam digitalmente. Ainda, 80% dos clientes mundiais e 88% dos brasileiros entrevistados afirmaram que quanto mais transparente um negócio online demonstra ser, maior será a confiança em transacionar com esta empresa.

Para 70% dos consumidores globais e 56% do Brasil não haveria problema em fornecer mais dados em transações eletrônicas, se isso resultasse em mais benefícios para eles. Além disso, 72% dos brasileiros entrevistados estão dispostos a passar por processos mais completos ao abrir uma conta online se as etapas forem reduzidas nos futuros acessos.

“Segurança, clareza e transparência são essenciais para estabelecer um relacionamento de confiança e fidelidade. O consumidor precisa ter a percepção de que há um interesse, por parte das empresas, na segurança dos dados”, diz Eduardo Castro.

A íntegra da pesquisa 2019 Global Identity and Fraud Report pode ser acessada aqui.

Metodologia

A pesquisa 2019 Global Identity and Fraud Report realizada pela Experian ouviu mais de 10.000 consumidores em 21 países no mundo. Representam 40.000 dispositivos, 85.000 contas virtuais e mais de 480.000 transações eletrônicas realizadas no último ano. Também participaram do levantamento mais de 1.000 empresas com receita anual média de US$ 3,1 bilhões cada. Isso totalizou US$ 3,4 trilhões, dos quais US$ 2,3 trilhões foram gerados por meio de canais digitais.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.