Redação E-Commerce Brasil

E-bit mostra resultados e perspectivas de vendas na Black Friday

Quarta-feira, 27 de setembro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Uma pesquisa realizada pelo E-bit com 5.300 consumidores mostra que 44% deles compraram na Black Friday do ano passado, sendo que um quarto delas também compraram nas lojas físicas e 56% consultaram um comparador de preço ou uma loja virtual antes de comprar na data. Buscapé, Zoom, Bondfaro e Google foram alguns canais usados por esses consumidores na hora da pesquisa.

A loja preferida pelos consumidores é a Americanas.com, seguida por Submarino e Walmart. “A confiança, o preço baixo, a segurança, o prazo de entrega e as promoções foram os principais elementos que atraíram os consumidores”, disse Pedro Guasti, CEO do E-bit durante a Conferência E-Commerce Brasil SUL 2017.

Quando perguntados se as pessoas pretendem comprar pela internet na próxima Black Friday, 81% disseram que sim. Entre os motivos para não comprar na data está o “não acredito que existam descontos”, um reflexo ainda do episódio que ficou conhecido como Black Fraude em 2013, apontou Guasti. Mesmo assim, 13% que disseram que não pretendem comprar mudariam de ideia se realmente encontrasse um desconto que valesse a pena. A instabilidade econômica foi citada por 9% das pessoas (no ano anterior era de 7%). Para Guasti, a confiança na economia é um fator preponderante para parcelamentos de longo prazo. “Entramos numa fase com boas expectativas econômicas e acreditamos que a Black Friday terá um resultado tão bom quanto do ano passado”, disse.

Outro dado interessante é que quase 60% das pessoas que compram na Black Friday compram presentes para si mesmo. Confira alguns dados interessantes sobre as vendas de acordo com a categoria:

Eletrônicos:

Para quem pretende comprar eletrônicos, 80% pretende pagar com o cartão de crédito, sendo 62% deles usando o parcelamento e 17% usarão o cartão de crédito à vista. O boleto é o segundo meio de pagamento mais lembrado. A expectativa é que os consumidores comprem 1,2 itens, gastando R$ 1.200. A Americanas.com é a loja mais lembrada, seguida por Submarino, Magazine Luiza, entre outros. A marca de produtos eletrônicos mais citada foi a Samsung, seguida por LG, Sony, Apple, Phillips, Lenovo, Dell, entre outros.

Eletrodomésticos 

Na categoria de eletrodomésticos, o cartão de crédito foi citado como meio de pagamento por 80% das pessoas que comprarão na Black Friday, em média o consumidor pretende fazer duas compras, gastando R$ 1.130. Lojas mais lembradas: Americanas.com seguida por Magazine Luiza, Submarino, Walmart, Ricardo Eletro, Ponto Frio, entre outras. Brastemp, Electrolux, Samsung, Phillips, LG, Arno e Sony são as marcas mais lembradas da categoria.

Informática

77% das pessoas usarão o cartão de crédito ao comprar produtos de informática, consumindo 1,7 itens e gastando de R$ 1.140 a R$ 1.150. A loja mais lembrada foi mais uma vez a Americanas.com, seguida por Submarino e Kabum. Já a marca mais lembrada foi a Dell, depois Samsung, HP, Asus, entre outros.

Celulares e smartphones

78% usarão o cartão de crédito, sendo 67% vão parcelar as compras e pretendem comprar 1,5 item, com um ticket médio de R$1.236. Americanas.com é a loja mais lembrada, seguida por Submarino, Magazine e Walmart. Samsung, Apple, Lenovo e Xiomi são as marcas mais lembradas.

Casa e decoração

Guasti destacou o crescimento desta categoria por conta do novo perfil de consumo no Brasil. “As pessoas estão saindo menos de casa e isso se reflete no investimento em móveis e itens para casa”, disse. O ticket médio é de R$ 856, sendo que os entrevistados pretendem comprar 2,7 itens. Americanas.com e Submarino lideram como lojas mais lembradas na categoria.

Moda e acessórios

50% querem comprar por meio de cartão de crédito (parcelado) e 20% pagarão com cartão de crédito à vista. O número de itens é de 3,5 e o tickete médio é de R$ 408. Dafiti, Netshoes, Privalia, Renner são as empresas mais lembradas. Adidas, Levis, Lacoste e Lançaperfume são as marcas mais lembradas.

Perfumaria e cosméticos

O consumidor que está de olho nos produtos da categoria perfumaria e cosméticos pretende comprar 3 itens e gastar R$ 491. A Sephora é a mais lembrada, seguida por Americanas.com, Boticário, Submarino e Magazine Luiza. As marcas mais citadas foram: Boticário, Natura, Carolina Herrera, Calvin Klein e outras.

Pedro também citou que 82% das pessoas pesquisadas querem receber informações sobre a Black Friday, sendo que 83% gostariam de receber um e-mail com promoções da data. “Este é um evento importante e ao mesmo tempo bastante trabalhoso” ressaltou. Para ele é ideal que o planejamento comece seis meses antes e leve em consideração alguns itens cruciais como teste de carga e garantia de agilidade no processamento. “Tenho mais gente preparada para processar pedidos, reforce o fulfillment (próprio ou terceiro, principalmente o picking and packing) e reforce o atendimento. Vender é bom, mas entregar no prazo é fundamental. Aproveite também para criar uma landing page para pessoas interessadas em receber emails de descontos da Black Friday”, finalizou Guasti.

Confira os resultados de 2016

Como montar uma estratégia de marketing de sucesso para a Black Friday?

Logística e entrega: a chave para um Black Friday bem sucedido

Plataforma: evite instabilidade e venda mais na Black Friday

Black Friday: CHEGOU! Tudo pronto?

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.