Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Saiba como usar a reputação digital como diferencial competitivo

Segunda-feira, 23 de maio de 2022   Tempo de leitura: 6 minutos

Se tem uma coisa desagradável de fazer é resolver problemas. Reivindicar a troca de produtos defeituosos, mandar para garantia, pedir reembolso por cobrança indevida, cancelar serviço por causa de entrega diferente da contratada e por aí vai. Tudo isso é desgastante. Para evitar esse tipo de situação, portanto, o consumidor fica de olho na reputação digital das marcas.

E uma das formas de investigar é fazendo aquela visitinha básica no Reclame AQUI. Afinal de contas, por lá é possível saber a fundo como as empresas se relacionam com os clientes, em especial em momentos de adversidades.

Tem mais: os reviews do e-commerce podem ser espelhados na home do Reclame AQUI, facilitando ainda mais a jornada de compra do cliente. E aproveitando o tráfego e a credibilidade para gerar mais confiança com o consumidor.

O que é reputação digital?

A reputação digital é a forma que determinada marca é percebida pelas pessoas na internet. Postagens nas redes sociais com menções à marca, comentários, avaliações e reclamações, por exemplo, interferem na imagem da empresa. Isto é, qualquer informação publicada online por clientes, colaboradores, fornecedores, entre outras pessoas, compõem a reputação digital.

Qual é a importância de ter uma boa reputação online?

A reputação digital está entre os principais fatores de decisão de compra. O Reclame AQUI até fez uma pesquisa para entender o peso que a imagem das empresas tem na hora de comprar algo. O resultado foi impressionante: 94% dos consumidores afirmaram não comprar de empresas com má fama no mercado.

Se formos pensar no gatilho mental de prova social, dá para entender melhor o motivo de tanta rejeição. Os consumidores vivem em busca de recomendações de produtos, serviços e marcas na internet. Depoimentos de clientes, postagens de influenciadores sociais e reviews funcionam como espécies de atestado de confiança. Se as opiniões forem positivas, as pessoas compram. Por outro lado, se a reputação for ruim, o consumidor fica desconfiado e tende a procurar marcas com melhor fama para fazer negócios.

Como melhorar a imagem da sua marca na internet?

Marcar presença online é o primeiro passo. Além de monitorar as menções à marca, essa é uma forma de interagir com os consumidores e gerar engajamento. No entanto, quando se fala em gestão de reputação, o Reclame AQUI e a RA Trustvox se destacam.

Reclame AQUI

O Reclame AQUI é a maior plataforma de resolução de conflitos entre marcas e consumidores da América Latina. Por mês, são mais de 30 milhões de acessos únicos e 140 milhões de pageview. Por dia, são cerca de 16 milhões de pesquisas e 45 mil reclamações.

Esses números mostram que a plataforma já faz parte da jornada de compra do consumidor. Afinal de contas, antes de tomar qualquer decisão, não pode faltar aquela passadinha básica no Reclame AQUI para conferir a reputação digital das marcas. É por isso que é fundamental manter uma página da sua empresa na plataforma e interagir com os consumidores por lá.

RA Trustvox

A RA Trustvox é a plataforma de reviews do Reclame AQUI. Ao fazer compras em lojas físicas e online, os consumidores recebem uma pesquisa para atribuir notas e comentários aos produtos, serviços e empresas com as quais tiveram experiências — sejam elas positivas ou negativas.

O legal é que os reviews publicados no e-commerce podem ser espelhados na homepage da marca no Reclame AQUI. As informações contidas neste campo deixam a jornada de compra ainda mais fluida e interferem no processo de decisão de compra.

Em resumo, cuidar da reputação digital é fundamental para atrair consumidores e converter vendas. Nesse contexto, o Reclame AQUI merece destaque porque mostra o nível de aceitação da marca e auxilia os clientes no processo de decisão de compra. A RA Trustvox também tem papel fundamental com reviews no Reclame AQUI para reforçar a prova social e melhorar a jornada de compra dos consumidores.

Leia também: “Chatbot só é bom se responde a pergunta que o cliente quer”, afirma especialista

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER