Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Saiba o que saiu no relatório de conteúdo de mídia social da China

Segunda-feira, 19 de agosto de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

A Newrank, uma das maiores empresas de análise de dados sociais da China, divulgou recentemente um relatório sobre o conteúdo online do país. Confira a seguir algumas percepções mais profundas sobre a análise da empresa.

Gastos na conta oficial do WeChat

Uma das principais tendências apontadas pelo relatório Newrank é a crescente quantidade de grandes campanhas do WeChat KOL (Key Opinion Leaders, ou Principais Líderes de Opinião).

Entre 2017 e 2018, o montante gasto em campanhas do WeChat KOL saltou de 40% para 58% do investimento total da KOL.

Essa tendência reflete o fato de que influenciadores maiores tendem a gerar um melhor retorno sobre o investimento para marcas. Isso também reflete o fato de que, à medida que o mercado WeChat KOL está amadurecendo, o tráfego de visualizações também está se consolidando em menos contas maiores.

Os KOLs de topo provavelmente estão superfaturados. Ainda assim, as marcas estão vendo um retorno real. Quando se trata de empresas que estão investindo mais em influenciadores, grandes empresas de Internet e marcas de FMCG estão liderando o caminho. Isso ocorre principalmente porque esses grupos tendem a ter maior poder aquisitivo e podem investir em campanhas mais significativas.

Na verdade, produtos de beleza e roupas são as principais categorias de produtos que vendem melhor com as recomendações de KOLs. As empresas de cosméticos e moda tendem a ser menores em escala do que as empresas de (produtos de giro rápido). Ainda assim, estão obtendo retornos mais altos das campanhas de KOL.

Campanhas influenciadoras podem ser incrivelmente eficientes. Entre as pessoas que compram um produto após uma campanha de KOL, 48% compram diretamente dos links fornecidos pelo influenciador. A outra metade vai para as plataformas de e-commerce para comparar os preços antes de comprar.

Isso significa que quase metade dos consumidores está disposta a comprar um produto com base apenas na leitura de um artigo — sem fazer pesquisa ou comparar o preço em outros canais. Por isso o marketing de KOLs talvez seja a maneira mais eficaz de promover uma nova marca.

Quando se trata de formato de promoção, os vídeos são duas vezes mais propensos a converter do que os artigos. Com o surgimento de streaming ao vivo e pequenas plataformas de vídeo, é um forte indício para as marcas diversificarem seu formato de conteúdo.

Publicidade

A publicidade online também sofreu transformações significativas nos últimos anos. Uma das mais significativas foi a mudança da publicidade de pesquisa para a exibição de publicidade.

As marcas agora estão muito mais propensas a colocar dinheiro na publicidade do WeChat Moment ou na publicidade da Douyin do que na pesquisa do Baidu. Essa tendência está simplesmente ligada a retornos mais altos de anúncios sociais. As plataformas de mecanismos de pesquisa também estão perdendo tráfego para as plataformas de mídia social.

Espera-se que a publicidade de busca caia de 31% para 15% da publicidade online na China entre 2013 e 2020, enquanto os anúncios gráficos cresçam de 2% para 35%.

Marcas são mais propensas a investir em anúncios online, uma vez que são muito mais aceitos pela população chinesa. 58,4% dos internautas chineses têm uma visão positiva da publicidade online.

A principal indústria em termos de investimento em anúncios do WeChat são as empresas de Internet — dada a quantidade significativa de publicidade do JD.com ou Pinduoduo em seu feed do WeChat.

Contas oficiais do WeChat

Um dos principais insights do relatório Newrank é a extrema concentração de visões em um pequeno número de contas e artigos.

Artigos com mais de 10 mil visualizações representam apenas 3% dos artigos. Mesmo assim, representam cerca de metade das visualizações no WeChat.

As contas oficiais do WeChat continuam sendo o principal canal que os usuários desejam ouvir as marcas.

A razão esmagadora pela qual os usuários deixam de seguir as contas do WeChat tem a ver com o conteúdo publicado: muita frequência, pouca frequência ou qualidade muito baixa.

A publicação do conteúdo certo no momento certo exige calibração cuidadosa para manter os usuários envolvidos.

Live-streaming

A última categoria de conteúdo coberto pelo relatório Newrank é sobre o streaming ao vivo. No geral, os usuários de cidades menores são muito mais propensos a seguir streaming ao vivo. Eles também são muito mais propensos a fazer uma compra depois de assistir a uma transmissão ao vivo.

O melhor método de marketing para conversão de vendas é a comparação das características do produto. Ao demonstrar a principal característica do produto em relação ao concorrente, os espectadores terão maior probabilidade de fazer uma compra por impulso.

Os usuários não são muito fiéis a um apresentador específico. Mais de 80% dos usuários mencionam que estão felizes em ver diferentes streamers ao vivo e são mais propensos a seguir uma plataforma do que uma pessoa.

Conclusão

O relatório Newrank destaca algumas tendências significativas. O marketing de influenciadores está se tornando cada vez mais importante, com foco em influenciadores maiores, vídeos e transmissões ao vivo.

O relatório também destaca as diferenças entre a China e o Ocidente, com uma clara queda no interesse pelo marketing dos mecanismos de busca.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.