Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Reclamações do Procon na Black Friday: último balanço aponta fast food na liderança

Segunda-feira, 02 de dezembro de 2019   Tempo de leitura: 12 minutos

O @proconsp, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, divulga o último balanço da semana sobre a Black Friday. Ele reúne dados até as 12 horas dessa segunda-feira (2/12). Já foram realizados 1.079 atendimentos, sendo 653 registros de reclamações e 426 consultas e orientações (151 e redes sociais).

As redes de fast food Burger King e McDonald’s seguem como as empresas mais reclamadas, com 77 e 73 demandas, respectivamente. Ambas foram notificadas em razão do aplicativo do Mercado Pago, meio de pagamento para ter acesso à promoção de lanches, estar inoperante. O McDonald’s ainda recebeu uma segunda notificação pela inoperância do próprio aplicativo, que também seria meio de acesso para ofertas exclusivas. A B2W Companhia Digital ocupou a terceira posição, com 62 reclamações.

As empresas responderão a um processo administrativo e podem ser multadas. O principal motivo de reclamação foi produto e/ou serviço indisponível com 195 registros. Veja os dados aqui.

Black Friday 2018

Em comparação com o ano passado, em que foram registrados 742 atendimentos referentes à Black Friday (478 reclamações e 264 consultas e orientações), houve um aumento de 45%.

Nesse ano, os consumidores também contaram com o aplicativo e o Instagram do @proconsp para registrar suas reclamações e tirar suas dúvidas. Isso possivelmente contribuiu para o aumento do número.

Fiscalização

Equipes da capital do @proconsp fiscalizaram nos dias 28 e 29 de novembro 41 estabelecimentos na capital e encontraram irregularidades em 33 (80%). A falta de informação foi o principal problema encontrado. Lojas não indicavam ao consumidor o preço anterior à Black Friday, impossibilitando a análise do desconto. Além disso, apresentavam folhetos sem o destaque da marca ou modelo do produto em oferta.

Veja aqui a relação dos locais autuados.

Equipes dos núcleos regionais de Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Santos, Ribeirão Preto, São José dos Campos, São José do Rio Preto e Sorocaba também fiscalizaram estabelecimentos em treze cidades do interior e litoral no dia 29 de novembro.

Foram visitados 164 locais e encontradas irregularidades em 110 (67%). O Procon de São Carlos também participou da ação. Confira os estabelecimentos autuados.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.