Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Prime Day impulsiona por vendas de celulares, eletrodomésticos e eletrônicos, afirma ACI Worldwide

Quarta-feira, 27 de julho de 2022   Tempo de leitura: 9 minutos

O evento Amazon Prime Day 2022, período de 48 horas em que a Amazon realiza promoções especiais para membros Prime no mundo todo, ajudou a impulsionar o varejo no geral, mesmo fora da plataforma da empresa americana, e levou a um aumento de vendas da ordem de dois dígitos, de acordo com a ACI Worldwide. 

A ACI Worldwide constatou que, entre seus clientes do setor de comércio, o volume de transações cresceu 25% no período do evento, enquanto o valor das transações teve um crescimento de 20% na comparação com 2021, resultado impulsionado por vendas de dispositivos móveis, aparelhos elétricos e eletrônicos, apesar de um resultado menos expressivo na venda de produtos em geral.  

O aumento nas vendas se sustentou bem na comparação com o início da pandemia, em 2020, com um crescimento no volume de transações de 26% e um aumento de 10% no valor.  

O departamento de inteligência de mercado da ACI, ao analisar os dados de transações de milhares de comerciantes ao redor do mundo, atribuiu o resultado de vendas ao crescimento no número de novas formas de pagamentos que são mais seguras e confiáveis, bem como à cautela dos consumidores que buscam se proteger contra a crescente inflação e o cenário de incerteza econômica no estágio atual da pandemia.  

“Está claro para nós que as vendas omnichannel se tornaram uma parte integral das nossas vidas, e os dois anos de convivência com a Covid-19 deixaram os consumidores mais confortáveis para comprar usando diferentes formas de pagamento em uma variedade de canais”, diz Basant Singh, head da área de comerciantes da ACI Worldwide. “Apesar da ampla variedade de opções, estamos testemunhando uma abordagem mais cautelosa dos consumidores, evidenciando o crescente desconforto com os indicadores econômicos pessimistas e a pressão sobre o bolso”.  

Dispositivos móveis, aparelhos elétricos e eletrônicos lideram 

De acordo com a análise da ACI, aparelhos elétricos e eletrônicos foram as compras mais populares, seguidos por itens em geral. Aparelhos elétricos e eletrônicos viram o valor de transações subir 90% no primeiro dia do evento, com uma média de valor por transação crescendo na ordem de 75 dólares (53%) na comparação com 2021, e, no segundo dia, aumentando 16%, com um ticket médio crescendo 238 dólares (37%).  

Varejo vem atrás 

O setor de varejo mostrou um resultado variado. O varejo em geral viu um aumento de 64% no volume no primeiro dia do evento, e um incremento de 21% no segundo, com o vestuário tendo um crescimento modesto de 13% no primeiro dia. Houve um notável distanciamento de itens “descartáveis”, com consumidores tendendo a buscar produtos mais duráveis, confirmando a preocupação do comprador com a economia e as suas finanças.  

Crescimento do BNPL 

Houve também uma mudança em como os consumidores compram. O valor médio de operações parceladas no sistema Buy Now Pay Later (Compre Agora, Pague Depois – BNPL) aumentou quase 50% (US$ 52), o que ilustra a tendência de dividir o pagamento de itens de alto valor em prestações mais em conta, confirmando a cautela do consumidor com a inflação. As operações BNPL tiveram uma taxa de aprovação recorde de 99%.  

Compras por dispositivos móveis estão fortes

A empresa notou um aumento de 25% no volume de transações realizadas por meio de dispositivos móveis, comparado com um aumento de 15% de operações em suportes fixos. Em relação ao ticket médio, as compras por dispositivos móveis ficaram estáveis em relação ao ano passado. Já em dispositivos fixos, como desktops, o crescimento foi de 8%, ou US$ 9, um indicativo de que os consumidores estão ficando mais confortáveis com a compra frequente através de dispositivos móveis. No entanto, as compras por meio de dispositivos fixos ainda dominam os produtos de maior valor.  

Cartões de Crédito e de Débito crescem com carteiras digitais 

Métodos tradicionais de pagamento, os cartões de crédito e débito viram um crescimento de 22% e 25% em volume e valor de transação, respectivamente. O volume de pagamentos por meio das chamadas carteiras digitais cresceu 4% em volume, principalmente devido a informações de cartão que ficam salvas em aplicativos. As carteiras digitais facilitaram as compras, o que dá uma vantagem aos cartões de crédito e débito. 

Fraudes estáveis 

As tentativas de fraude feitas durante o período de realização do Prime Day permaneceram estáveis, crescendo apenas 0,1% em relação a 2021, apesar do crescimento no número de transações e do aumento nas opções de métodos de pagamento. Notadamente, as tentativas de fraudes com carteiras digitais caíram 0,2%.  

“A grande história de sucesso por trás do Prime Day foi a segurança do consumidor”, diz Erika Dietrich, líder de gerenciamento de fraude e análise de pagamentos da ACI Worldwide. “Apesar de os consumidores estarem comprando mais, pagando mais e o Prime Day ser algo visado por meses, as tentativas de fraude falharam. Parece que o avanço no sistema de gerenciamento de fraudes e as melhorias nos hábitos de segurança dos consumidores tiveram um impacto. Uma maneira mais segura de comprar está tomando forma”.  

Tendências globais 

  • União Europeia: 21% de aumento no volume de transações com um ticket médio 15% menor (ou US$ 17), indicando que o consumidor europeu está aumentando a sua preocupação com gastos opcionais à medida que a inflação na União Europeia e os gastos com energia continuam a crescer.
  • América do Norte: 22% de incremento no valor das transações, com crescimento de 12% do ticket médio (US$ 14) à medida que os consumidores americanos aumentaram o tamanho da cesta de compras.
  • América Latina: Grandes oscilações com aumento no volume e queda nos valores: o volume de transações quase triplicou, enquanto que o valor das compras caiu 33% (US$ 56).
  • Austrália: Consumidores foram às compras com um aumento de 52% no valor das transações e o ticket médio quase dobrou com um incremento de 95% ou US$ 141.

Leia também: TikTok é a fonte de notícias que mais cresce para adultos no Reino Unido, segundo pesquisa

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER