Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Preços começaram a variar antes da Black Friday, mostra levantamento

Sexta-feira, 26 de novembro de 2021   Tempo de leitura: 2 minutos

Às vésperas da Black Friday, que começou oficialmente hoje, 26/11, o Buscapé, assistente de compras inteligentes, fez um levantamento dos produtos que tiveram a maior variação de preço na última semana e também nos últimos 40 dias. Entre os produtos que sofreram maior aumento, destacam-se geladeiras e celulares.

Por outro lado, ventiladores, fones de ouvido e aspiradores de pó registraram as maiores quedas no preço, tornando-se bons candidatos para as compras que o consumidor brasileiro pretende fazer nesta data.

Produtos com maior variação

Confira abaixo quais foram os 10 produtos que apresentaram maior aumento de preço, um mês antes e uma semana antes da Black Friday:

No outro extremo, vários produtos sofreram redução de valor no mesmo período. Na tabela abaixo podem ser conferidos os 10 produtos que apresentaram maior queda de preço, de acordo com o Buscapé, entre 16 de outubro e 16 de novembro, e na última semana (17 e 24 de novembro):

Empresas com maior variação

Além da variação dos preços dos produtos, o Vigia do Preço, plataforma adquirida pelo Buscapé, mostrou que algumas marcas e empresas também abaixaram ou aumentaram os preços em suas lojas. Entre as marcas estão Asus, JBL e Multilaser. Entre os e-commerces estão Americanas, Magazine Luiza e Ricardo Eletro.

O Vigia do Preço preparou um ranking da Black Friday com as lojas que mais aumentaram ou baixaram preços nos últimos 30, 15 e 7 dias. A lista é feita com ferramentas automatizadas que monitoram 125 milhões de produtos em mais de 1.500 e-commerces no Brasil. As informações são do Tecnoblog.

A partir disso, é calculada a proporção de produtos cujo preço aumentou (no intervalo de 1% a 5%, de 5% a 15%, ou acima de 15%), cujo preço diminuiu (de 1% a 10%, ou acima de 10%) e cujo valor se manteve estável (variou entre -1% e 1%). Você pode conferir o ranking neste link.

Lojas com maior alta nos preços

Nesta parte do levantamento foram considerados somente os aumentos de preço mais extremos (acima de 15%) e as quedas mais relevantes (acima de 10%).

Segundo o Vigia de Preço, quase 27% dos produtos vendidos na loja online da JBL ficaram mais caros nos últimos trinta dias; no caso da Asus, a proporção é de 25%. Enquanto isso, cerca de 12% dos itens na Ricardo Eletro, Americanas e Magalu tiveram forte aumento de preço, incluindo aí os vendedores do marketplace.

Estas são as lojas que tiveram mais produtos com altas variações de preço nos últimos 30 dias:

Planilha elaborada pelo Tecnoblog

Lojas com maiores variações de preço

O ranking do Vigia de Preço também destacou os sites que tiveram variação superior a 1% para alta ou baixa dos preços. Levando em consideração esses números, a ordem muda um pouco, mas as Americanas, Magalu e Ricardo Eletro continuam liderando. De um jeito ou de outro, é bom ficar de olho e prestar atenção no histórico de preços para aproveitar a Black Friday.

Principais destaques do ranking, considerando as variações entre -1% e 1% nos últimos 30 dias:

Leia também: Logística na Black Friday: como Correios e transportadoras se preparam para a data.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER