Redação E-Commerce Brasil

64% dos lojistas usam a margem de lucro para precificar no e-commerce, mostra pesquisa

Quinta-feira, 01 de outubro de 2020   Tempo de leitura: 3 minutos

Pesquisa realizada pelo E-Commerce Brasil e pela Koncili mostra que 64% dos lojistas usam a margem de lucro para precificar um produto no e-commerce.

A pesquisa ouviu 62 profissionais da área, que explicaram como organizam a gestão financeira das lojas online. O objetivo era entender melhor como funciona a inteligência financeira do empreendedor brasileiro.

Além da margem de lucro, 19% dos entrevistados disse que usam o preço da concorrência como base ao precificar produtos. 8% consideram despesas fixas na hora de atribuir um preço.

Canais de vendas

O foco da pesquisa recaiu sobre a organização financeira em relação à conciliação envolvendo marketplace, mas foi perguntado também aos lojistas por quais canais eles estão vendendo atualmente, tendo o lojista a opção de marcar mais de uma alternativa.

Os destaques caem sobre os que atuam com loja própria e em marketplaces. Além disso, fica perceptível a ascensão dos lojistas que começaram a vender pelo WhatsApp.

Marketplace

Para quem atua em marketplace, 40% dos lojistas responderam que fazem o acompanhamento dos repasses dos produtos vendidos de maneira manual, através do auxílio de planilhas e relatórios dos próprios marketplaces.

27% responderam que usam uma organização própria para acompanhar. E 16% afirmaram usar um software de conciliação.

Além disso, 51% responderam que apenas uma pessoa na equipe fica responsável por acompanhar os repasses realizados pelo marketplace. 29% não conta com ninguém na equipe para esta tarefa. 12% afirmaram que até 3 pessoas cuidam desta tarefa, 3% até 5 pessoas e 3% também contam com mais de 5 pessoas.

Uso do tempo

Para a maioria dos respondentes, 48%, é necessário apenas um dia para realizar a conciliação. 38%, no entanto, afirmaram precisar de 2 a 4 dias por mês para realizar tal tarefa. 6% precisam de 5 a 7 dias e 6% precisam de mais de 11 dias.

Leia também: Facebook analisa hábitos de compras durante a pandemia.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.