Redação E-Commerce Brasil

PMEs estão confiantes na era da Inteligência Artificial, diz Intuit

Quinta-feira, 30 de agosto de 2018   Tempo de leitura: 2 minutos

As pequenas e médias empresas já estão utilizando tecnologias de automação para gerenciar e expandir seus negócios. Essa é uma das confirmações reveladas em um dos estudos mais recentes realizados pela Intuit® através da Emergent Research, intitulado Pequenas e Médias Empresas na Era da IA.

O estudo entrevistou 550 proprietários e gerentes de PMEs, nos Estados Unidos, e descobriu que eles estão vendo a tecnologia de automação de forma positiva, com 54% afirmando vê-la, principalmente, como uma oportunidade. Embora o medo da inovação tecnológica seja frequentemente referenciado como a barreira subjacente para a adoção de Machine Learning e Inteligência Artificial (IA), apenas 5% dos entrevistados disseram que veem a automação como uma ameaça.

Poucas PMEs acreditam que a tecnologia levará a perdas de emprego e quase um terço (31%) afirma que a automação permitirá que elas aumentem seu número de funcionários. Sobre as mudanças no mercado de trabalho, 59% afirmam que não haverá diferenças e apenas 1% acredita que haverá perdas significativas de emprego.

O estudo também constatou que, dentre os pesquisados, 66% já usavam tecnologias de automação para ajudá-los em uma variedade de funções, incluindo finanças e faturamento (29%), marketing (28%), vendas (27%), atendimento ao cliente (25%), operações (15%) e produção (9%).

“No QuickBooks [solução de gestão financeira da Intuit], nosso foco está em aproveitar o poder da tecnologia inovadora para melhorar a vida das PMEs – possibitando que os pequenos e médios empresários possam ter mais tempo, dinheiro, conexões e insights para administrar seus negócios de forma eficaz e eficiente”, diz Alex Chriss, CPO do grupo de PMEs, na Intuit.

“É encorajador que os pequenos e médios empreendedores vejam a tecnologia de automação como uma oportunidade e não uma ameaça, e ainda estejam adotando diariamente essas inovações para melhorar seus negócios e automatizar processos, ganhando tempo para atender melhor os seus clientes e expandir seus negócios”, acrescenta Chriss.

A pesquisa revelou ainda que os proprietários de pequenas e médias empresas reconhecem os benefícios vitais dessa tecnologia, como: mais tempo para realizar tarefas (79%), ajuda no atendimento ao cliente (77%), impulso para a inovação (74%), além das melhorias que estão sendo conduzidas pela tecnologia de automação de ponta, incluindo análise de Big Data (24%), Processamento de Linguagem Natural – PLN (17%), Machine Learning (12%) e Inteligência Artificial (11%).

No futuro, as PMEs esperam ter beneficios contínuos com a automação. Nos próximos cinco anos, os entrevistados disseram que os principais motivos pelos quais a automação terá impacto positivo em suas empresas incluem eficiência nos negócios (73%), produtividade (68%), inovação (62%), capacidade de resposta às mudanças do mercado (60%) e receita (59%).

Principais destaques da pesquisa:

Apesar das notícias sobre como a automação terá um impacto disruptivo nas empresas, apenas 5% dos donos das PMES a veem como ameaça.

Poucas PMEs acreditam que a tecnologia da automação as levará à perda de trabalho. De fato, 31% afirmam que ela possibilitará a contratação de funcionários, enquanto 59% dizem que não haverá diferença e apenas 1% afirma que haverá perdas significativas de trabalho.

As PMES estão adotando a tecnologia de automação como um caminho de ponta. As principais categorias são Big Data (24%), Processamento de Linguagem Natural e Machine Learning (12%).

Em direção à automação, um número significativo de PMEs não está pronto para desfrutar ao máximo dessas oportunidades. Um exemplo disso é que uma em cada cinco PMEs não está na nuvem para gerenciar seus negócios, o que evidencia que ainda é necessário um primeiro passo para a inovação dentro das empresas.

Os três principais benefícios que os usuários das tecnologias de automação veem são: mais tempo ganho para fazer o trabalho (79%), ajuda com o atendimento aos clientes (77%) e impulso para inovação (74%).

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER