Redação E-Commerce Brasil

Pesquisa: 78,9% dos consumidores devem aproveitar as ofertas da Black Friday

Quinta-feira, 07 de novembro de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

Essa Black Friday promete bons resultados para o varejo e, claro, para os e-commerces também. Inclusive, uma pesquisa realizada pela Social Miner, em parceria com a Opinion Box, revela que apenas 1,1% do público brasileiro não conhece ou não sabe o que é o evento. E mais: 78,9% dos consumidores deve aproveitar as ofertas do período, enquanto 18,3% ainda não se decidiu e só 2,8% afirmou não ter intenção de comprar.

E se você quer saber as categorias que devem vender mais durante a data, se destacaram os setores de eletrônicos (53,8%), eletrodomésticos (47,3%) e dos itens de moda e acessórios (40,7%). Já na hora de quitar os pedidos, 35,7% devem investir mais de R$ 500; 10,6% entre R$ 201 e R$ 300; 10,5% entre R$ 401 a R$ 500; e 9,2% entre R$ 101 e R$ 200.

E o que o consumidor da Black Friday espera das lojas?

Sendo um evento que, tradicionalmente, proporciona bons negócios para o consumidor, é natural que preços competitivos e promoções sejam os aspectos mais relevantes para o público no período, sendo a escolha de 83,3% e 73,7% dos respondentes — que puderam optar por mais de um fator na pesquisa —, respectivamente. Inclusive, 54,4% das pessoas afirmaram que desistiriam de uma compra caso não confiassem que o desconto oferecido é real.

No entanto, itens ligados a experiência do consumidor, como facilidade no pagamento, facilidade na hora da compra e prazo de entrega também tiveram destaque e, além disso, 49,2% e 47,1% das pessoas afirmaram que a falta de opções de produtos (tamanhos, cores, modelos) ou notas baixas em sites de reputação poderiam fazê-las desconsiderar uma loja.

O material mostra ainda que a maior parte do público (77,5%) é influenciado, em algum nível, pelo meio digital — seja durante a caça às ofertas ou na hora da compra — e que 57,7% dos consumidores pretende usar sites de busca (como Google e Bing) para pesquisar por promoções, além de recorrer a comparadores de preços (45,1%), aos próprios e-commerces (41,5%) e às redes sociais (35,1%), como as páginas das marcas no Facebook e Instagram.

Para acessar todos os dados da Pesquisa de Intenção de Compra para Black Friday 2019 e saber quando os consumidores vão começar a buscar por ofertas, ou quando vão começar a comprar, basta baixar o material gratuitamente aqui.

Leia também: Faturamento deve crescer 18% na Black Friday, prevê ABComm

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.