Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Pesquisa aponta PMEs mais buscadas na internet, em 2018

Quarta-feira, 03 de julho de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

Uma pesquisa realizada pela Lista Mais – plataforma de busca de empresas e profissionais liberais locais – apontou os segmentos mais procurados pelos consumidores na internet no ano passado. O levantamento apontou os 20 setores de PMEs que mais foram buscados durante o período. Os dados indicam os segmentos em alta, para quem deseja abrir um negócio, mas ainda não decidiu em que segmento atuar.

O setor de alimentação apresentou o melhor desempenho e ocupou a primeira posição no ranking de categorias mais buscadas. Ao todo, foram 30.284 buscas por empresas de marmitex. Isso representa 7,9% das pesquisas realizadas na plataforma. As farmácias e drogarias conquistaram a segunda colocação no levantamento, com 27.009 pesquisas (7,1%). É seguida de perto por empresas de massagens, com 25.425 buscas (6,6%).

Negócio próprio

Investir no próprio negócio se tornou uma alternativa ao desemprego. Atualmente, o Brasil possui 13 milhões de brasileiros desempregados, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Para o especialista em tecnologia e CEO da Lista Mais, João Paulo Gonçalves, o aumento desses serviços é uma forma de geração de renda. Devido à alta demanda, no entanto, utilizar algumas ferramentas tecnológicas é fundamental para se manter no mercado e se destacar dos concorrentes.

O especialista também explica que investir em divulgação pode exigir uma verba muito alta. Dessa forma, as PMEs normalmente não conseguem arcar com os custos. Porém, há soluções acessíveis no mercado para ajudar quem está começando. “A utilização das ferramentas corretas e a presença no digital são indispensáveis, pois ajudam na visibilidade da marca e no engajamento com seu público-alvo”, comenta Gonçalves.

A pesquisa também apontou as 20 categorias mais orçadas pelos clientes na plataforma. No total, foram realizadas 25.209 buscas. Os serviços de materiais para construção foram os mais orçados, com 5.338 procuras. Esse valor representa um total de 21,2%. É seguidos pelas empresas de auto escola, que foram procuradas 2.674 vezes (10,6%). Auto peças foram 2.183 buscas (8,75%).

Confira os negócios mais pesquisados em 2018:

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.