Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Pesquisa: 93,3% dos consumidores de Ribeirão Preto fazem compras online

Sexta-feira, 22 de março de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

O Comitê de Líderes de E-commerce (ComEcomm) realizou pesquisa com os consumidores da Região Metropolitana de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, para conhecer mais sobre os seus hábitos de compras. O levantamento aponta que 93,3% dos entrevistados já compraram pela internet.

82,2% dos entrevistados dizem comprar apenas quando precisam da mercadoria

A pesquisa foi feita pelo ComEcomm com apoio da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), ACIRP, Sincovarpe A Cidade On, nas cidades de Barrinha, Brodowski, Cravinhos, Monte Alto, Ribeirão Preto, Santa Rita do Passa Quatro, Sertãozinho e Tambaú. Foram entrevistadas 90 pessoas entre os dias 20 de agosto e 19 de outubro de 2018.

Compras

A maioria dos consumidores (93,3%) já realizam compras pela internet. Os outros 6,7% que responderam “não” alegam preferir ir às lojas físicas (50%), medo/insegurança (12,5%) e falta de conhecimento (12,5%).

A preferência por comprar pela internet atinge 80% quando o consumidor não tem pressa de receber o produto, frente a 20% que preferem a loja física. No entanto, quando o consumidor tem pressa de receber o produto e uma loja virtual da cidade oferece entrega no mesmo dia ou opção de retirar na loja física também no mesmo dia, ninguém optou por comprar na loja física e, novamente, 84,4% optaram pela internet e 15,6% responderam que seria indiferente.

Outro dado é que 44% realizam uma ou mais compras por mês e o valor dos tickets individuais ultrapassa a marca de R$ 1.000,00 para 41% dos entrevistados nos últimos seis meses. Vale ressaltar que a pesquisa foi aplicada antes de períodos com vendas expressivas no e-commerce como Black Friday e Natal.

Outro dado revelado na pesquisa é a motivação do consumidor e as categorias mais compradas. A aquisição consciente de produtos é comum para 82,2% dos entrevistados que alegam comprar apenas quando precisam da mercadoria e 23,3% programam a aquisição, porém, metade respondeu comprar produtos em promoção e 22,2%, quando recebem cupons de desconto.

Comprar presentes

Um aspecto importante é que 92,2% responderam que os produtos são para uso/consumo e 27,8% para presentear. Eletro/Eletrônicos e Roupas e Calçados são as categorias mais compradas, mas é possível constatar uma grande variedade de produtos adquiridos através da internet.

É possível observar que os consumidores buscam por produtos em lojas virtuais da região, não apenas nas grandes redes varejistas online e 41,1% já realizaram compras em lojas virtuais da sua cidade/região.

A maioria dos entrevistados que já compraram em uma loja virtual da região conheceram o site por meio das redes sociais e de indicações. Mais da metade não conhecia nenhuma loja virtual da região que tivesse o produto, 35,2% não receberam qualquer anúncio e 31,5% não encontrou a loja da região nas pesquisas.

Preço não é tudo

Preço não é tudo para definir a loja virtual de preferência. Conhecimento sobre a empresa (76,7%), confiança, reputação, segurança e recomendações de clientes e amigos (33,3%) são os principais motivos que levam um consumidor a considerar determinadas lojas virtuais que poderá comprar. Anúncios (14,4%) e pesquisas (21,1%) aparecem logo atrás.

O consumidor online é sensível ao preço do produto (82,2%) e do frete (70%), porém, adjetivos como comodidade, economia de tempo, prazo de entrega e segurança já ocupam importante posição e são aspectos que o consumidor pondera antes de comprar, flexibilizando o aspecto preço conforme a maior necessidade.

Atendimento online

O cartão de crédito é a forma de pagamento mais utilizada com 80%, seguida por boleto bancário com 18,9% e transferência bancária com 1,1%.

WhatsApp (46,7%), e-mail e chat/atendimento online (47,8%) são os canais de atendimento mais utilizados, consolidando a preferência por atendimentos eletrônicos e rápidos.

As compras por dispositivos móveis caiu no gosto dos consumidores da região e já representam quase 40%, acima da média nacional em 2017, que foi de 27%.

A segurança nas compras online é de suma importância. Segundo estes consumidores, 23,3% já passaram por alguma experiência envolvendo fraudes. Apesar desse índice, 96,7% se declararam satisfeitas com as compras realizadas pela internet.

Perfil dos entrevistados

De acordo com a pesquisa, 47,8% dos entrevistados têm entre 25 e 34 anos, e 34,4% têm entre 35 e 49 anos. Do total, 51,1% são mulheres e 47,8%, homens.

Quanto à escolaridade, 43,3% cursaram pós-graduação/MBA e 30% têm ensino superior completo.

Já a renda familiar fica entre R$ 3.816,01 e R$ 9.540,00 para 35,6% dos consumidores. Outros 26,7% têm renda familiar de R$ 1.908,01 e 3.816,00.

Outro dado revelado na pesquisa é o estado civil dos entrevistados: solteiros (42,2%), casados (54,4% ) e divorciados/separados (3,3%).

Questionados sobre filhos, 54,4% responderam que não, 25,6% disseram que têm um filho, e 18,9% afirmaram ter dois filhos.

Para baixar a pesquisa completa, clique aqui.

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.