Redação E-Commerce Brasil

Performance e e-commerce: o que uma coisa tem a ver com outra?

Quarta-feira, 29 de julho de 2020   Tempo de leitura: 3 minutos

Os celulares estão cada vez mais potentes e rápidos, assim como a internet. Diante deste cenário, qualquer serviço com menos velocidade ou que não entregue excelência perde clientes. É por isso que a performance é tão importante para quem trabalha nos meios digitais, como explicou Martin Spier, arquiteto de performance da Netflix, no Fórum E-Commerce Brasil – Global Edition, nesta quarta-feira (29).

Samuel Gonzales, Martin Spier (centro) e Vivianne Vilela no Fórum E-Commerce Brasil 2020

Spier explica que performance toca em aspectos diferentes dos produtos ou serviços, e tem influência direta com a escalabilidade de crescimentos dos usuários. “É eficiente usar recursos de maneiras diferentes, mas o foco é performance percebida pelo usuário. Conceitos básicos de estatística ajudam a responder perguntas importante”.

A página não pode demorar demais para carregar e os recursos não podem ser lentos, por exemplos, pois isso gera frustração no usuários, causando uma experiência ruim. A experiência é diretamente ligada à aquisição porque se o usuário teve experiência insatisfatória, ele dificilmente vai voltar ou recomendar o serviço ou produtos”, continua Spier.

Usuários diferentes = performances diferentes

O executivo aponta outro fator importante na hora de melhorar performance: a diferença entre usuários. “Não é só a diferença de perfis, mas de localidade, se utiliza mais o celular ou desktop, se acessa mais pelo wi-fi etc. Um usuário que utiliza o 3G já espera uma velocidade menor do que o acessa uma rede banda larga. São performances totalmente diferentes”, exemplifica.

Porém, antes de querer melhorar a performance da página, é necessário conhecer a fundo todos os problemas. Parte dessa tarefa exige conhecer as métricas corretas, monitorando as atividades dos usuários, segundo o executivo. “No Google Analytics, por exemplo, é possível adicionar recursos que fornecem dados gratuitamente”, exemplifica. Quando os dados reais não estão disponíveis, é possível simular algumas situações.

O Fórum E-Commerce Brasil 2020 — Global Edition revolucionou a maneira de se fazer um evento online. Com todos os keynotes speakers, recebeu mais de 20 mil inscrições. Participe do evento nas redes sociais com usando a hashtag #forum2020

Leia também: ‘Live Commerce será hábito do consumidor brasileiro’, aposta marketing da Americanas

Por Dinalva Fernandes, da redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.