Redação E-Commerce Brasil

Pagamentos em tempo real crescem 50% com a pandemia, revela estudo

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020   Tempo de leitura: 4 minutos

A população brasileira vinha adotando canais digitais ao longo dos últimos anos. Nova pesquisa aponta que o aumento exponencial em volume também está ligado à pandemia, que fechou agências bancárias e forçou muita gente a migrar para canais eletrônicos. O volume de transações no Brasil cresceu quase 50% no último ano, entre maio de 2019 e abril de 2020.

De acordo com pesquisa da FIS, a adoção e o uso de pagamentos em tempo real explodiu com a pandemia de Covid-19. Agora, com o lançamento do Pix, o Brasil passa para outro patamar em termos de pagamentos instantâneos, se equiparando com países que já têm plataformas instantâneas consolidadas, como China, Índia e Austrália.

O país registra uma média diária de 3,8 milhões de transações, movimentando uma média de R$ 24,2 bilhões ao dia. O valor de transações também cresceu no último ano, sendo 11% maior do que em 2019.

Leia também: Pix começa a funcionar no dia 3 de novembro para clientes selecionados

Pagamentos pelo mundo

Segundo o estudo, seis países viram um aumento de duas vezes ou mais no número de pagamentos em tempo real processados no ano passado: Bahrein (657%), Gana (488%), Filipinas (309%), Austrália (214%), Índia (213%) e Polônia (208%). Ao mesmo tempo, quatro países viram um aumento de duas vezes ou mais no valor das transações de pagamento em tempo real: Filipinas (482%), Bahrein (311%), Austrália (231%) e Gana (222%).

A Índia permanece como líder em pagamentos em tempo real, processando 41 milhões de transações por dia, mais do que qualquer outro país. A Coreia do Sul registrou o maior número de transações em tempo real per capita, com 75 operações por cidadão por ano processadas por meio do sistema HOFINET.

Nos EUA, mais de 130 instituições financeiras estão implementando pagamentos em tempo real, um aumento de cinco vezes desde setembro de 2019.

Mais da metade (56%) de todos os provedores de serviços de pagamentos europeus aderiram à rede pan-europeia SEPA Credit Transfer Instant Payments, que leva pagamentos transfronteiriços e instantâneos a 20 países. Desde o ano passado, Vietnã e Hungria lançaram redes de pagamentos em tempo real, elevando o número total de países com sistemas do tipo para 56.

Ainda de acordo com o relatório, serviços de solicitação de pagamento (R2P), pagamentos internacionais e pagamentos entre empresas da tesouraria corporativa estão impulsionando a adoção de redes de transações em tempo real em todo o mundo. Os sistemas R2P oferecem uma maneira conveniente e flexível para pessoas, empresas e governos solicitarem um pagamento a terceiros.

Leia também: Cielo espera que BC autorize WhatsApp para pagamentos em novembro

Fonte: Computer World

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.