Redação E-Commerce Brasil

17% dos brasileiros já usaram pagamento por aproximação

Sexta-feira, 11 de outubro de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

O pagamento por aproximação representa na prática a aproximação cada vez maior do varejo físico com o digital. Se a tecnologia começou de forma tímida, hoje já é cada vez mais aceita pelos brasileiros.

Pesquisa realizada pelo Mobile Time em parceria com a Opinion Box mostra que 17% da população já usou alguma vez o pagamento por aproximação, seja através de um celular ou cartão com tecnologia NFC.

Pode parecer um número baixo, mas ele representa um aumento de confiança e informação tanto do lojista quanto do consumidor. Isso porque agora as maquininhas que aceitam esse tipo de pagamento já vem com o símbolo no display e incentivam assim o uso da tecnologia.

Por outro lado, existem cada vez possibilidades para os adeptos das carteiras digitais, disponibilizadas principalmente pela Apple, Samsung e Google. Ademais, a disponibilidade da tecnologia por aproximação de NFC e MOS (aparelhos da Samsung) hoje está disponível em cada vez mais aparelhos em diversas marcas.

Quem usa?

A maior parte dos usuários do pagamento por aproximação são homens e correspondem a 21% do total de respondentes. Entre as mulheres, a proporção é de 13%.

23% do total de usuários corresponde às classes A e B. Com relação às classes C, D e E, apenas 15% já fizeram pagamentos dessa forma.

A marca do celular também influencia a forma de comprar. De acordo com o levantamento, o pagamento por aproximação é mais comum entre os donos de iPhone. 25,8% deles já tendo experimentaram a funcionalidade. Já entre os donos de aparelhos Android, apenas 16,6% tentaram.

A chance de ter usado esse tipo de pagamento é inversamente proporcional à idade. Os mais jovens se mostraram mais adeptos à tecnologia: no grupo entre 16 e 29 anos, 21% responderam já ter usado. No grupo entre 30 e 49 anos, a proporção cai para 16%. Para o grupo de 50 anos ou mais, então, a taxa é de 12%.

Já dá pra pagar até o metrô

O metrô do Rio de Janeiro iniciou em abril de 2019 operações que permitem pagamento por aproximação. A tecnologia, implantada com tecnologia da Visa, permite que o usuário pague as passagens através de cartões de crédito e celulares na própria catraca do metrô.

De acordo com Charles de Sirovy, CFO do Metrô Rio, o sistema deve aceitar outras bandeiras para pagamento em breve. Durante o evento Mobishop 2019, em que foi apresentada a pesquisa, o executivo explicou a necessidade de adaptar o metrô para oferecer comodidade e uma boa experiência para os usuários.

Ele avalia que é preciso estar pronto para as mudanças tecnológicas mesmo sem aporte financeiro. Dessa maneira, ressalta a importância das parcerias para o sucesso das transformações.

Um dos maiores concorrentes do metrô carioca até pouco tempo era o Uber. Quando usado para corridas curtas, saia mais em conta do que tarifa do metrô. Por esse motivo, foram feitas parcerias com o aplicativo para oferecer descontos ao usuário caso ele se dirigisse à uma estação.

Em São Paulo, começaram os testes para pagamentos com QR code no metrô e ônibus da capital. Ainda restrito à poucas estações, a compra do bilhete pode acontecer através de um terminal eletrônico ou no smartphone do usuário. Dessa maneira, a novidade tem o intuito de reduzir filas e o tempo de validação do bilhete.

Por Júlia Rondinelli, da redação E-Commerce Brasil.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.