Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

17% dos brasileiros já usaram pagamento por aproximação

Sexta-feira, 11 de outubro de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

O pagamento por aproximação representa na prática a aproximação cada vez maior do varejo físico com o digital. Se a tecnologia começou de forma tímida, hoje já é cada vez mais aceita pelos brasileiros.

Pesquisa realizada pelo Mobile Time em parceria com a Opinion Box mostra que 17% da população já usou alguma vez o pagamento por aproximação, seja através de um celular ou cartão com tecnologia NFC.

Pode parecer um número baixo, mas ele representa um aumento de confiança e informação tanto do lojista quanto do consumidor. Isso porque agora as maquininhas que aceitam esse tipo de pagamento já vem com o símbolo no display e incentivam assim o uso da tecnologia.

Por outro lado, existem cada vez possibilidades para os adeptos das carteiras digitais, disponibilizadas principalmente pela Apple, Samsung e Google. Ademais, a disponibilidade da tecnologia por aproximação de NFC e MOS (aparelhos da Samsung) hoje está disponível em cada vez mais aparelhos em diversas marcas.

Quem usa?

A maior parte dos usuários do pagamento por aproximação são homens e correspondem a 21% do total de respondentes. Entre as mulheres, a proporção é de 13%.

23% do total de usuários corresponde às classes A e B. Com relação às classes C, D e E, apenas 15% já fizeram pagamentos dessa forma.

A marca do celular também influencia a forma de comprar. De acordo com o levantamento, o pagamento por aproximação é mais comum entre os donos de iPhone. 25,8% deles já tendo experimentaram a funcionalidade. Já entre os donos de aparelhos Android, apenas 16,6% tentaram.

A chance de ter usado esse tipo de pagamento é inversamente proporcional à idade. Os mais jovens se mostraram mais adeptos à tecnologia: no grupo entre 16 e 29 anos, 21% responderam já ter usado. No grupo entre 30 e 49 anos, a proporção cai para 16%. Para o grupo de 50 anos ou mais, então, a taxa é de 12%.

Já dá pra pagar até o metrô

O metrô do Rio de Janeiro iniciou em abril de 2019 operações que permitem pagamento por aproximação. A tecnologia, implantada com tecnologia da Visa, permite que o usuário pague as passagens através de cartões de crédito e celulares na própria catraca do metrô.

De acordo com Charles de Sirovy, CFO do Metrô Rio, o sistema deve aceitar outras bandeiras para pagamento em breve. Durante o evento Mobishop 2019, em que foi apresentada a pesquisa, o executivo explicou a necessidade de adaptar o metrô para oferecer comodidade e uma boa experiência para os usuários.

Ele avalia que é preciso estar pronto para as mudanças tecnológicas mesmo sem aporte financeiro. Dessa maneira, ressalta a importância das parcerias para o sucesso das transformações.

Um dos maiores concorrentes do metrô carioca até pouco tempo era o Uber. Quando usado para corridas curtas, saia mais em conta do que tarifa do metrô. Por esse motivo, foram feitas parcerias com o aplicativo para oferecer descontos ao usuário caso ele se dirigisse à uma estação.

Em São Paulo, começaram os testes para pagamentos com QR code no metrô e ônibus da capital. Ainda restrito à poucas estações, a compra do bilhete pode acontecer através de um terminal eletrônico ou no smartphone do usuário. Dessa maneira, a novidade tem o intuito de reduzir filas e o tempo de validação do bilhete.

Por Júlia Rondinelli, da redação E-Commerce Brasil.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.