Logo E-Commerce Brasil

Omnicanalidade: aproximação na jornada física torna experiência online mais proveitosa

Por: Lucas Kina

Jornalista e repórter do E-Commerce Brasil

A venda de produtos de supermercado no e-commerce amplia, gradativamente, sua trajetória em grandes players do mercado nacional. No entanto, acreditar que este modelo não está relacionado à compra tradicional pode custar uma aproximação melhor com clientes.

Na segunda-feira (13), durante o Congresso Grocery&Drinks 2023, realizado pelo E-Commerce Brasil, foi a vez do Carrefour apresentar algumas estratégias que melhoraram essa relação com a jornada online do consumidor.

Para Alexandre Gyurkovits, diretor Sênior de E-Commerce e Merchant Services da varejista, a penetração de supermercados tradicionais é dificultosa. Para tornar o processo mais “fácil”, ele fala em presença nos momentos.

A estratégia principal, segundo ele, está em aplicar três conceitos: Conhecimento do cliente; da sua jornada; e dos modelos (pagamentos e plataformas) utilizados por ele.

Alexandre Gyurkovits
Alexandre Gyurkovits, diretor Sênior de E-Commerce e Merchant Services do Carrefour (Foto: Giuliano Gonçalves/E-Commerce Brasil)

“Vender produtos de supermercado no e-commerce demanda uma estratégia personalizada e voltada também às ocasiões de cada usuário”, afirma.

Na prática, o executivo cita campanhas do Carrefour desenvolvidas especificamente para cada dia da semana com base nos hábitos de compra da maioria. Na sexta-feira, por exemplo, a divulgação se volta à produtos como bebidas, petiscos e outros itens voltados a festividades.

“É preciso que o empreendimento personalize ofertas e se adapte, mesmo que minimamente, a cada cliente. Entendê-lo é importante para que a compra, principalmente no digital, seja satisfatória”, complementa.

A apresentação do executivo encerrou a parte da manhã no Auditório E-Commerce, dividido em duas partes (Vendas e Gestão) à tarde.