Redação E-Commerce Brasil

O crescimento do e-commerce no Brasil durante a pandemia veio para ficar?

Terça-feira, 26 de Maio de 2020   Tempo de leitura: 5 minutos

Há mais de dois meses o Brasil, na maioria de seus estados, está em quarentena oficial, com intuito de combater o novo Coronavírus. Como consequência disso, muitas lojas físicas tiveram que fechar suas portas e, assim, a venda virtual se tornou a única alternativa para muitos.

A reação foi imediata. Uma pesquisa realizada pela Nuvemshop, plataforma de e-commerce líder na América Latina, apontou que em apenas um mês, o crescimento do e-commerce gerou um número de pedidos 3,5 vezes maior do que a Black Friday de 2019, maior data do varejo eletrônico do Brasil.

O mesmo estudo trouxe nos números de março um crescimento de 175% em relação ao ano anterior, no e-commerce no Brasil. Entretanto, com a flexibilização de algumas medidas de distanciamento social, o número retraiu em abril. Mesmo assim, ele se manteve muito acima do ano anterior e das previsões para o e-commerce em 2020.

Nesse cenário, a dúvida que fica para muitos empresários e empresárias é: o crescimento do e-commerce no Brasil vai se manter após a pandemia? Muitos empreendedores que tiveram contato com a experiência virtual nesse período não pretendem abandonar o canal e acreditam que terão bons resultados se continuarem incentivando as vendas online no cenário pós-Covid-19.

A Nuvemshop, que hoje conta com mais de 35 mil lojas, reconhece que o momento é complexo, mas sabe que criar uma loja online não é só uma alternativa segura. Ela pode ser executada com muita velocidade, evitando que os negócios fiquem fechados perdendo dinheiro.

A marca, que sempre acreditou no potencial dos negócios que apoia por meio de sua plataforma, identificou um aumento expressivo de novos clientes, principalmente de segmentos antes pouco explorados no universo online, como o ramo de alimentação. Esse mercado, no mês de abril, apresentou um crescimento de 311% em relação aos períodos anteriores.

Por mais que depois da quarentena as marcas retornem às suas atividades em lojas físicas, as consequências comportamentais geradas por essa crise terão causado um aumento permanente no varejo online. Afinal, muitos dos clientes que antes tinham algum tipo de receio em relação às compras online agora tiveram a oportunidade de experimentar e de perder o medo.

O crescimento do e-commerce no Brasil veio para ficar. Por isso, mesmo que sua marca não tenha sido diretamente impactada pela crise — ou que você tenha encontrado alternativas para driblá-la —, olhar para o canal online como um próximo passo é fundamental para a sustentabilidade da sua empresa.

A Nuvemshop oferece o suporte e os materiais educacionais necessários para que sua empresa dê esse passo com velocidade, simplicidade e autonomia, sempre pensando em estratégias para ajudar o seu negócio a, de fato, realizar vendas pelo canal online. O e-commerce não é mais uma tendência de mercado, é uma realidade. Por isso, ter o parceiro certo para dar esse passo é fundamental.

Conheça a Plataforma de E-commerce da Nuvemshop.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.