Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Número de inadimplentes chega a 61,94 milhões de brasileiros, aponta CNDL/SPC Brasil

Terça-feira, 17 de maio de 2022   Tempo de leitura: 3 minutos

A CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) estimam que quatro em cada dez brasileiros adultos (38,45%) estavam negativados em abril de 2022 — o equivalente a 61,94 milhões de pessoas. No último mês, o volume de consumidores inadimplentes cresceu 5,59% em relação ao mesmo período do ano anterior. Portanto, trata-se de um número ainda maior do apresentado pelo Ibevar (que já mostramos aqui).

Leia também: Vendas no e-commerce caem 8,48% em abril ante março, revela MCC-ENET

Com base nos dados disponíveis em sua base, que abrangem informações de capitais e interior de todos os 26 Estados da federação, além do Distrito Federal, a CNDL e o SPC Brasil informam que a variação anual observada em abril deste ano ficou abaixo da observada no mês anterior. Na passagem de março para abril, o número de devedores cresceu 0,46%. Por essas e outras, recomendamos a você, lojista, ouvir o podcast sobre Cadastro Positivo, em nosso canal do Entre Amigos. Afinal, sempre é importante entender os benefícios na análise de crédito e suas vantagens para o e-commerce

Número de pessoas inadimplentes

Imagem de um gráfico

Em relação à evolução do número de dívidas no Brasil, o indicador aponta que em abril de 2022, este número teve crescimento de 9,89% em relação ao mesmo período de 2021. O dado observado em abril deste ano ficou abaixo da variação anual observada no mês anterior. Na passagem de março para abril, o número de dívidas apresentou alta de 0,85%.

Número de dívidas em atraso

Imagem de um gráfico

O crescimento do indicador anual se concentrou no aumento de inclusões de devedores com tempo de inadimplência de 91 dias a 1 ano (50,87%).

Número de pessoas inadimplentes por tempo de atraso

Imagem de um gráfico

O número de devedores com participação mais expressiva no Brasil em abril está na faixa etária de 30 a 39 anos (24%), e segue bem distribuída entre os sexos: 50,86% de mulheres e 49,14% de homens.

Número de pessoas inadimplentes por faixa etária e sexo

Imagem de um gráfico

Na análise por faixa etária, a maior concentração de inadimplentes está no intervalo de 30 a 39 anos. São 15,36 milhões de pessoas nesta faixa etária registradas em cadastro de devedores. Tal montante equivale a 44,89% da população nesta faixa etária.

Estimativa de inadimplentes por faixa etária

Imagem de um gráfico

Cada negativado deve, em média, R$ 3.518,84. Mais da metade das dívidas são com bancos

Quase quatro em cada dez consumidores (35,72%) tinham dívidas de até R$ 500, percentual que chega a 50,95% quando se fala de dívidas de até R$ 1.000.

Leia também: Atividade do comércio têm queda de 1,2% em abril, aponta Serasa Experian

Número de pessoas inadimplentes por valor total das dívidas

Imagem de um gráfico

Em média, cada consumidor negativado devia R$ 3.518,84 na soma de todas as dívidas. Considerando todas essas dívidas, cada inadimplente devia, em média, para 1,87 empresas credoras.

Destaca-se a evolução das dívidas com o setor de Bancos, com crescimento de 18,75%, seguido de água e Luz (7,92%). Em outra direção, as dívidas com o setor credor de Comunicação (-9,53%) e Comércio (-4,20%) apresentaram queda no total de dívidas em atraso.

Leia também: Número de tentativas de fraudes no Dia das Mães cai 4% de 2021 para 2022, aponta ClearSale

Em termos de participação, o setor credor que concentra a maior parte das dívidas é o de Bancos, com 57,93% do total de dívidas. Na sequência, aparece Comércio (14,01%), o setor de água e Luz (11,29%) e Comunicação (9,60%).

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER