Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Mercado de comércio eletrônico da Rússia cresce 26% no primeiro semestre

Terça-feira, 03 de setembro de 2019   Tempo de leitura: 2 minutos

O mercado de comércio eletrônico da Rússia no primeiro semestre de 2019 cresceu 26% em relação ao ano anterior. Segundo informou o diário Vedomosti no último dia 02 de setembro, o valor foi de US$ 11 bilhões). O número de compras online foi de 191 milhões no período coberto pelo relatório — um recorde de 44%.

O número de compras online foi de 191 milhões no período coberto pelo relatório, um recorde de 44%.

Os maiores varejistas do e-commerce representaram a maior parte do crescimento. O varejista Wildberries, líder do mercado eletrônico Rússia, quase dobrou seus pedidos — fechou em 61 milhões, respondendo por quase um terço das compras online na Rússia. Os dados da própria empresa elevaram o faturamento no primeiro semestre de 2019 em US$ 1,27 bilhão). Segundo informado, foi um aumento de 79% — e deve superar os 200 bilhões de rublos (US$ 3 bilhões) em 2019.

Gigantes da Rússia

O Wildberries é o maior site de comércio eletrônico da Rússia e vem crescendo vertiginosamente nos últimos anos. Sua fundadora, Tatyana Bakalchuk, tornou-se a segunda bilionária feminina da Rússia no início deste ano, depois que a receita da empresa ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão.

O varejista online Ozon, do conglomerado de investimentos AFK Sistema e Baring Vostok Capital Partners, aumentou os pedidos em 85% (para 11,5 milhões) e em 80% em termos monetários (para US$ 478 milhões).

A pesquisadora Data Insight observou que o crescimento dessas “gigantes” ainda não canibalizam o negócio dos demais varejistas. Outros 500 varejistas de grande porte também aumentaram suas encomendas em uma média de 21% — a taxa do crescimento acelerado (de 14%) começou em 2018.

O número de compradores online que fazem mais de 15 compras anualmente aumentou 25%, enquanto os produtos de 3-4 categorias diferentes também cresceram. No entanto, o ticket médio diminuiu em 14% (para US$ 57).

Os comércio eletrônico da Rússia cresce dez vezes mais rápido do que a economia real e o varejo tradicional. Atualmente, as vendas online representam cerca de 4,5% do faturamento total do varejo da Rússia. Praticamente dobrou ano a ano e está a caminho de compensar 8% do faturamento do varejo até 2021.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.