Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Mercado de comércio eletrônico da Rússia cresce 26% no primeiro semestre

Terça-feira, 03 de setembro de 2019   Tempo de leitura: 2 minutos

O mercado de comércio eletrônico da Rússia no primeiro semestre de 2019 cresceu 26% em relação ao ano anterior. Segundo informou o diário Vedomosti no último dia 02 de setembro, o valor foi de US$ 11 bilhões). O número de compras online foi de 191 milhões no período coberto pelo relatório — um recorde de 44%.

O número de compras online foi de 191 milhões no período coberto pelo relatório, um recorde de 44%.

Os maiores varejistas do e-commerce representaram a maior parte do crescimento. O varejista Wildberries, líder do mercado eletrônico Rússia, quase dobrou seus pedidos — fechou em 61 milhões, respondendo por quase um terço das compras online na Rússia. Os dados da própria empresa elevaram o faturamento no primeiro semestre de 2019 em US$ 1,27 bilhão). Segundo informado, foi um aumento de 79% — e deve superar os 200 bilhões de rublos (US$ 3 bilhões) em 2019.

Gigantes da Rússia

O Wildberries é o maior site de comércio eletrônico da Rússia e vem crescendo vertiginosamente nos últimos anos. Sua fundadora, Tatyana Bakalchuk, tornou-se a segunda bilionária feminina da Rússia no início deste ano, depois que a receita da empresa ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão.

O varejista online Ozon, do conglomerado de investimentos AFK Sistema e Baring Vostok Capital Partners, aumentou os pedidos em 85% (para 11,5 milhões) e em 80% em termos monetários (para US$ 478 milhões).

A pesquisadora Data Insight observou que o crescimento dessas “gigantes” ainda não canibalizam o negócio dos demais varejistas. Outros 500 varejistas de grande porte também aumentaram suas encomendas em uma média de 21% — a taxa do crescimento acelerado (de 14%) começou em 2018.

O número de compradores online que fazem mais de 15 compras anualmente aumentou 25%, enquanto os produtos de 3-4 categorias diferentes também cresceram. No entanto, o ticket médio diminuiu em 14% (para US$ 57).

Os comércio eletrônico da Rússia cresce dez vezes mais rápido do que a economia real e o varejo tradicional. Atualmente, as vendas online representam cerca de 4,5% do faturamento total do varejo da Rússia. Praticamente dobrou ano a ano e está a caminho de compensar 8% do faturamento do varejo até 2021.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.