Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Martech: Tecnologia para marketing é fundamental na relação com o cliente

Quarta-feira, 25 de setembro de 2019   Tempo de leitura: 7 minutos

Quando se fala sobre Martech, tecnologia para marketing, nas empresas, existe uma dúvida frequente. Quem é o responsável por aprovar esse orçamento? É preciso passar por análise do departamento de T.I.? Ou o Marketing tem autonomia para fazer esse tipo de investimento?

O assunto foi debatido durante o Executive Summit, realizado ontem (24), em um hotel da cidade de Mairiporã, na grande São Paulo. Leonardo Naressi, CIO da DP6, afirmou que é preciso discutir o assunto e analisar as realidades de cada empresa.

“O que a gente quer quando a gente coloca o Marketing dentro do setor de TI ou a TI dentro do Marketing? A área digital, de e-commerce, entrou nas empresas e em cada uma delas existe um cenário diferente”, comentou Naressi.

Para analisar como o setor chegou até aqui, Naressi e Gerson Ribeiro – Co-Founder e Diretor Executivo da Vitrio, apresentaram um gráfico. Eles explicaram como o cenário mudou nas últimas décadas. Essa evolução foi fundamental para que o Marketing pudesse lidar com maior tecnologia. Ou, ainda, quando precisar de tecnologia para lidar com o Marketing.

O gráfico a seguir mostra como está o mercado de mídia e publicidade em 2019. Ele mostra os maiores geradores de receita com publicidade no mundo. O que todos têm em comum? São empresas de tecnologia.

Futuro

Antigamente, quem tinha a voz com o consumidor eram as empresas de TELECOM, de mídia e Bancos. Agora, quem detém essa voz com o consumidor, são as empresas de tecnologia, segundo Naressi.

Quando se pensa no futuro e em como isso vai afetar o nosso dia a dia, basta saber que os usuários poderão fazer sua própria mídia programática. E sem intermediários. Por isso, é preciso colocar a tecnologia disponível nos negócios para ativar as réguas, regras, métricas e aplicativos necessários para se relacionar com o consumidor.

O que faz a diferença é ter informação de logística dentro dos repositórios de marketing para trabalhar comunicação. Ou seja, se a companhia está trabalhando mais próxima do cliente, com base nessas informações, ela consegue fazer as segmentações mais precisas.

“Hoje, quantas áreas a gente consegue integrar para deixar disponíveis essas informações nas mãos de quem vai fazer o relacionamento com o consumidor? É difícil, porque são sistemas totalmente diferentes. Todo mundo tem um ERP ou algum controle logístico e essa informação fica isolada e a gente não tem acesso”, analisou Naressi.

Gerson Ribeiro afirmou que “para que isso dê certo, é preciso ter total domínio dos nossos dados”. As decisões serão tomadas, baseadas em pessoas e não em canais, segundo Ribeiro.

Importância do Martech, a tecnologia para marketing

Martech para o varejo significa encontrar tecnologias que consigam atuar na jornada do consumidor de uma forma mais completa. Existem várias áreas de atuação diferentes, desde a concretização da venda até o caminho do impacto na mídia, além do relacionamento com o cliente e as plataformas CRM.

“O mais importante é: Hoje a gente tem muita opção de tecnologias para as empresas. O que é preciso é de uma estratégia para adotar tecnologia no Marketing. Senão, a gente vai comprar ferramentas que não se integram e acaba perdendo oportunidades”, explicou Naressi.

Ele afirmou que “essa estratégia é importante e ela precisa ser a base, para colocar no relacionamento com o cliente”.

Investimento

Para investir em tecnologia, é importante saber onde investir. Afinal, muitos fornecedores e muitas tecnologias oferecem soluções que integram, principalmente, com as próprias soluções. Por isso, quando se tem uma estratégia, fica mais fácil escolher o que vale a pena.

Para quem quer começar, uma pequena ou média empresa, é possível começar com a maioria das ferramentas gratuitas. “Tem muita coisa Open Source, muita coisa acessível, desde o Google Analytics, à ferramentas de otimização e de gestão. À medida em que o seu negócio vai evoluindo e crescendo, fica fácil desenhar uma estratégica e adotar novas plataformas que façam sentido”, de acordo com Naressi.

Valor

Ele afirma que o custo não pode ser um impeditivo. “Se você tem um custo muito alto, é porque provavelmente seu negócio precisa daquilo e você tem que ter a receita para aquilo funcionar. Se não tem a receita para pagar aquele custo, então ou você não precisa daquele custo agora (pode partir para as soluções mais baratas, acessíveis e gratuitas) ou está planejando com uma visão equivocada”, comenta.

Mas uma coisa é certa, não dá para ficar sem Martech. A atuação com o cliente hoje em dia, passa pela tecnologia. “Se você não enxergar tecnologia como parte desse processo, você só está colocando dinheiro. Quando você coloca a sua tecnologia no processo, você demanda qual cliente você quer, a que preço, quando, como e qual segmentação vai usar”, concluiu.

Por Rafael Chinaglia, da Redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.