Redação E-Commerce Brasil

Martech: Tecnologia para marketing é fundamental na relação com o cliente

Quarta-feira, 25 de setembro de 2019   Tempo de leitura: 7 minutos

Quando se fala sobre Martech, tecnologia para marketing, nas empresas, existe uma dúvida frequente. Quem é o responsável por aprovar esse orçamento? É preciso passar por análise do departamento de T.I.? Ou o Marketing tem autonomia para fazer esse tipo de investimento?

O assunto foi debatido durante o Executive Summit, realizado ontem (24), em um hotel da cidade de Mairiporã, na grande São Paulo. Leonardo Naressi, CIO da DP6, afirmou que é preciso discutir o assunto e analisar as realidades de cada empresa.

“O que a gente quer quando a gente coloca o Marketing dentro do setor de TI ou a TI dentro do Marketing? A área digital, de e-commerce, entrou nas empresas e em cada uma delas existe um cenário diferente”, comentou Naressi.

Para analisar como o setor chegou até aqui, Naressi e Gerson Ribeiro – Co-Founder e Diretor Executivo da Vitrio, apresentaram um gráfico. Eles explicaram como o cenário mudou nas últimas décadas. Essa evolução foi fundamental para que o Marketing pudesse lidar com maior tecnologia. Ou, ainda, quando precisar de tecnologia para lidar com o Marketing.

O gráfico a seguir mostra como está o mercado de mídia e publicidade em 2019. Ele mostra os maiores geradores de receita com publicidade no mundo. O que todos têm em comum? São empresas de tecnologia.

Futuro

Antigamente, quem tinha a voz com o consumidor eram as empresas de TELECOM, de mídia e Bancos. Agora, quem detém essa voz com o consumidor, são as empresas de tecnologia, segundo Naressi.

Quando se pensa no futuro e em como isso vai afetar o nosso dia a dia, basta saber que os usuários poderão fazer sua própria mídia programática. E sem intermediários. Por isso, é preciso colocar a tecnologia disponível nos negócios para ativar as réguas, regras, métricas e aplicativos necessários para se relacionar com o consumidor.

O que faz a diferença é ter informação de logística dentro dos repositórios de marketing para trabalhar comunicação. Ou seja, se a companhia está trabalhando mais próxima do cliente, com base nessas informações, ela consegue fazer as segmentações mais precisas.

“Hoje, quantas áreas a gente consegue integrar para deixar disponíveis essas informações nas mãos de quem vai fazer o relacionamento com o consumidor? É difícil, porque são sistemas totalmente diferentes. Todo mundo tem um ERP ou algum controle logístico e essa informação fica isolada e a gente não tem acesso”, analisou Naressi.

Gerson Ribeiro afirmou que “para que isso dê certo, é preciso ter total domínio dos nossos dados”. As decisões serão tomadas, baseadas em pessoas e não em canais, segundo Ribeiro.

Importância do Martech, a tecnologia para marketing

Martech para o varejo significa encontrar tecnologias que consigam atuar na jornada do consumidor de uma forma mais completa. Existem várias áreas de atuação diferentes, desde a concretização da venda até o caminho do impacto na mídia, além do relacionamento com o cliente e as plataformas CRM.

“O mais importante é: Hoje a gente tem muita opção de tecnologias para as empresas. O que é preciso é de uma estratégia para adotar tecnologia no Marketing. Senão, a gente vai comprar ferramentas que não se integram e acaba perdendo oportunidades”, explicou Naressi.

Ele afirmou que “essa estratégia é importante e ela precisa ser a base, para colocar no relacionamento com o cliente”.

Investimento

Para investir em tecnologia, é importante saber onde investir. Afinal, muitos fornecedores e muitas tecnologias oferecem soluções que integram, principalmente, com as próprias soluções. Por isso, quando se tem uma estratégia, fica mais fácil escolher o que vale a pena.

Para quem quer começar, uma pequena ou média empresa, é possível começar com a maioria das ferramentas gratuitas. “Tem muita coisa Open Source, muita coisa acessível, desde o Google Analytics, à ferramentas de otimização e de gestão. À medida em que o seu negócio vai evoluindo e crescendo, fica fácil desenhar uma estratégica e adotar novas plataformas que façam sentido”, de acordo com Naressi.

Valor

Ele afirma que o custo não pode ser um impeditivo. “Se você tem um custo muito alto, é porque provavelmente seu negócio precisa daquilo e você tem que ter a receita para aquilo funcionar. Se não tem a receita para pagar aquele custo, então ou você não precisa daquele custo agora (pode partir para as soluções mais baratas, acessíveis e gratuitas) ou está planejando com uma visão equivocada”, comenta.

Mas uma coisa é certa, não dá para ficar sem Martech. A atuação com o cliente hoje em dia, passa pela tecnologia. “Se você não enxergar tecnologia como parte desse processo, você só está colocando dinheiro. Quando você coloca a sua tecnologia no processo, você demanda qual cliente você quer, a que preço, quando, como e qual segmentação vai usar”, concluiu.

Por Rafael Chinaglia, da Redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.