Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Lojas virtuais criam novo dia das crianças em julho

Quarta-feira, 19 de junho de 2013

Ação “Kids Baby Day” acontece nos dias 11 e 12 de julho e conta com a participação de mais de 30 lojas que oferecem descontos em produtos como brinquedos, eletrônicos, acessórios, moda bebê, infanto-juvenil e maternidade.

Mais de 30 lojas virtuais brasileiras participam nos dias 11 e 12 de julho do “Kids Baby Day” – ação que reúne ofertas de produtos infantis como brinquedos, livros, games, eletrônicos, acessórios, moda infanto-juvenil e produtos para mamães e bebês. A primeira edição do evento no Brasil conta com a participação de grandes lojas on-line de brinquedos, além de diversos e-commerces que comercializam produtos da categoria infantil

As ofertas estarão reunidas no site www.kidsbabyday.com.br. Consumidores podem fazer um cadastro prévio para participar do evento e concorrer a R$2.000 em prêmios de produtos infantis.

O Kids Baby Day é organizado pelo Busca Descontos, portal que reúne cupons de descontos dos principais varejistas brasileiros. “Além do Dia das Crianças, não existe uma data dedicada a promoções em produtos infantis. O Kids Day visa preencher essa lacuna, atendendo a um consumidor que pode ser fidelizado para outras datas”, explica Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos.

Segundo um levantamento feito pela faculdade de economia da USP, o Mercado Infantil movimenta R$ 50 bilhões por ano no Brasil e cresce a um ritmo de 14% ao ano. Para se ter uma ideia, o PIB brasileiro cresceu no último ano 0.9%.  “Uma família de classe média desembolsa cerca de R$ 5 mil em produtos infantis no primeiro ano de vida dos filhos. Os consumidores precisam de uma data em que possam economizar com esses gastos”, afirma Pedro Eugenio.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto IEMI, o consumo interno de roupas infantil e bebê no Brasil foi R$ 18,220 milhões em 2012. O número é alto se comparado ao consumo de 2007, de R$ 11,585 milhões.

Já o mercado de brinquedos, registrou em 2012 um crescimento de 15,6% no faturamento em relação a 2011. De acordo com o levantamento realizado pela consultoria GfK, o resultado foi puxado principalmente pela maior participação de brinquedos licenciados (super-heróis, personagens de filmes, desenhos ou jogos). A GfK destaca que mercado brasileiro é ajudado pelo tamanho da população infantil, que soma 46 milhões de indivíduos entre 0 e 14 anos.

Em todo o país, os brinquedos mais consumidos são bonecos e bonecas tradicionais (21,7%), itens de esporte e lazer como piscinas e bolas (15,4%), brinquedos infantil e pré-escolar (14,2) e veículos/carrinhos de brinquedo (13,2%).

Por: Assessoria

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.