Redação E-Commerce Brasil

O sucesso na Black Friday depende muito de uma logística bem planejada

Quinta-feira, 22 de julho de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

Se você ainda não parou para rever a logística do seu negócio, saiba que pode estar “cavando” um enorme problema. Isso porque, segundo Bruno Forato, Head de Projetos e Onboarding da Pier8, 82% dos consumidores simplesmente não voltam a comprar com empresas que demonstram pouco compromisso com isso. Mas, o que fazer para mitigar os problemas relacionados à logística, principalmente em períodos de grande volume de vendas (como ocorre na Black Friday)? Acompanhe a seguir algumas dicas que o especialista deu no evento Big Solutions – Black Friday!

Segundo Forato, há dois conjuntos de problemas logísticos que podem acontecer em um e-commerce: o de falhas que conseguimos resolver, e o que está fora do nosso controle. “A falta de produtos em estoque, por exemplo, é algo que está sob a minha gestão e eu devo aplicar técnicas para resolver isso”. Já outros pontos de atraso nas entregas, como um problema na rota do transporte, estão fora do controle do lojista. “A região norte do país, por exemplo, é comum ocorrer intempéries com as chuvas, com ruas alagadas. Nesse caso, está fora do meu controle”, explicou.

Durante apresentação, especialista apresentou os principais indicadores de problemas relacionados à logística.

Leia também: Na Black Friday, otimizar a experiência de pagamento é sinônimo de mais vendas

Diante de tudo isso, ele destacou a importância de mapear dentro do sistema tudo o que se pode implementar de melhorias. “Mas, ainda assim, dificilmente chegaremos em 99,9% de OTD (On Time Delivery) e OTIF (On Time In Full). Afinal, como eu já mencionei, há pontos fora do nosso controle na logística)”.

Como melhorar as falhas na logística

Estoque – um dos alertas de Forato é ter sempre em mente a quantidade de códigos (SKU’s) de produtos que há no estoque.

Problemas do consumidor – isso pode ser realizado com tecnologias de integrações sólidas do ecossistema do e-commerce. “Neste caso, vale até montar planilhas no Excel e monitorar a cada 1 hora, a fim de descobrir as falhas antes do consumidor”, recomendou.

Checklists

Confira tudo antes da Black Friday. Isso inclui:

  • gestão de estoque;
  • processo de picking e packing, entre outros.

Análise dos micro detalhes

Para Forato, os micro detalhes podem causar muitos problemas no departamento de logística. “Em algum momento o meu time logístico precisará ir ao banheiro, beber água… Se acabar a água na operação, isso pode gerar um problema sério. Por isso, eu devo criar um checklist com todos esses micro detalhes e revisitá-lo várias vezes. Acredite: todas as vezes você encontrará um ponto que não foi tratado”, assegurou.

Leia também: Dicas práticas para evitar os erros comuns na Black Friday

Dentro dessa temática entram ainda as manutenções em geral, como dos equipamentos de movimentação, softwares… “Novembro não é mais o mês de atualizar o sistema. Por isso, suba tudo o que precisar até o fim de outubro. Afinal, sabemos muito bem que, ao realizar um deploy, os problemas começam a aparecer nos dias subsequentes. Portanto, tenha um bom tempo hábil para maturar as alterações antes da Black Friday”.

Processos e procedimentos

Tão importante quanto os deploys, mudanças de processos e procedimentos devem ocorrer com boa antecedência (e não uma semana antes do evento). “Uma pequena alteração no processo pode causar uma grande confusão em todo o ciclo. Por isso, sempre recomendo aplicar a reciclagem com 30 dias de antecedência, para todos os envolvidos assimilarem as mudanças e criarem fluência nos processos. O ser humano precisa disso, assim como requer treinamentos periódicos”, pontuou Forato.

Leia também: IA e chatbots: como eles podem ajudar o seu e-commerce na Black Friday?

Com todos os procedimentos perfeitamente orquestrados, a chance de conquistar um selo RA1000, por exemplo, é maior. “Lembro que, para ganhar um selo desses, um dos critérios é ter uma taxa de novos negócios por parte dos clientes de, no mínimo, 70%. E, com esse selo no site, certamente a confiança do consumidor para comprar de você na Black Friday será muito maior”, encerrou.

Confira a apresentação de slides completa disponibilizada pelo palestrante:

Big Solutions – Black Friday | Uma Black Friday de sucesso depende de um excelente planejamento logístico de E-Commerce Brasil

Por Giuliano Gonçalves, da redação do E-Commerce Brasil.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER