Redação E-Commerce Brasil

Locaweb analisou 1,9 mil startups e comprou 10

Segunda-feira, 24 de maio de 2021   Tempo de leitura: 1 minuto

Desde fevereiro de 2020, a companhia de tecnologia Locaweb já fez dez aquisições de startups. Para isso, analisou mais de 1.900 empresas com soluções variadas, diz o presidente do grupo, Fernando Cirne. Segundo ele, o objetivo é “enriquecer o ecossistema de e-commerce, entrar em novos mercados e fazer a consolidação do segmento”.

Mas, depois de avaliar tantos negócios, ele afirma que comprar uma empresa não é trivial. “Há muita startup boa, mas também há muitas sem gabarito”, diz. Além disso, as compras seguem critérios: as startups precisam ter um produto maduro, receitas e os fundadores têm de continuar na empresa.

“Não queremos só empilhar receitas. Compramos startups que se encaixam no nosso ecossistema e que podem ser aceleradas no grupo.” Cirne destaca que a companhia tem procurado conciliar trabalhos internos com aquisições. “Se é algo que o mercado ainda não tem, há tempo para podermos desenvolver. Mas se já existe, vamos comprar e incorporar.”

Aquisição aprovada da Locaweb

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra da plataforma de pagamentos PagCerto pela Locaweb. A aprovação foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (24).

Leia também: Ações da Locaweb passam a fazer parte do Ibovespa

Fonte: Estadão Conteúdo, com informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.