Redação E-Commerce Brasil

Konduto lança raio-x sobre o setor farmacêutico no varejo online

Quarta-feira, 14 de julho de 2021   Tempo de leitura: 2 minutos

A Konduto, empresa de antifraude para pagamentos online, acaba de divulgar um relatório com dados e análises do setor farmacêutico em parceria com a Maeztra, consultoria que desenvolve, implanta e gerencia soluções em vendas online. No material, intitulado “1º Diagnóstico do varejo online de Farma”, foram compiladas diversas informações sobre o segmento e números inéditos sobre as fraudes realizadas neste mercado.

Nos últimos dois anos, o setor foi um dos que mais cresceu tanto no ambiente físico quanto no online. Devido ao aumento das vendas, as ações dos criminosos virtuais se intensificaram durante este período. Em 2020, cerca de 1,37% das compras realizadas nos e-commerces de farmácia foram tentativas de golpe. Do total do faturamento do setor, 2,05% correspondem a fraudes.

“Os hábitos de consumo sofreram diversas mudanças com a pandemia de covid-19. O que percebemos é que isso também causou alterações no comportamento dos fraudadores. Nosso objetivo ao desenvolver o relatório era mostrar como está o cenário do setor farmacêutico, principalmente o varejo online, e entender um pouco mais sobre essa situação”, comenta Tom Canabarro, CEO e cofundador da Konduto.

Outro dado interessante presente no estudo é com relação ao sistema operacional utilizado por esses criminosos online. Cerca de 76% das tentativas de golpe ocorreram nos navegadores Chrome e Chrome Mobile. Destaque também para os horários e dias escolhidos por eles para agir: 35% delas aconteceram entre 12h e 18h, que também é o período com maior número de vendas (40%), enquanto 10% ocorreram entre 0h e 6h. Terça-feira foi o dia da semana com mais fraudes registradas (17,52%).

Já com relação às investidas online por estado, São Paulo ocupa o primeiro lugar (42,9%), seguido por Minas Gerais (12,49%) e Rio de Janeiro (9,98%). Confira:

“Precisamos ficar cada vez mais atentos para acompanhar e barrar as táticas dos golpistas. Só assim vamos conseguir garantir que os e-commerces não tenham prejuízos e consigam focar na operação e na entrega de melhores produtos para os consumidores”, afirma Canabarro.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER