Redação E-Commerce Brasil

Jack Ma vende US$ 8,2 bilhões em ações do Alibaba

Segunda-feira, 13 de julho de 2020   Tempo de leitura: 2 minutos

O cofundador do Alibaba Jack Ma reduziu sua participação na empresa no ano passado para 4,8%, de 6,2% anteriormente, vendendo cerca de US$ 8,2 bilhões em ações, no preço atual, mostrou a apresentação de resultados anuais da empresa na sexta-feira (10).

A venda ocorreu quando Ma se aposentou como presidente-executivo da empresa chinesa em setembro e se retirou das funções comerciais formais para se concentrar na filantropia.

A Alibaba não divulgou o preço médio de venda de seu desinvestimento. O preço das ações subiu cerca de 40% desde que Ma reportou sua participação de 6,2% na empresa há um ano.

Crescimento do Alibaba acima das previsões

O desempenho estelar das ações foi ajudado pelo crescimento dos lucros acima das previsões, mesmo com a desaceleração da economia da China, à medida que mais pessoas compram itens essenciais online devido à pandemia de Covid-19.

O vice-presidente executivo da Alibaba, Joseph Tsai, também reduziu sua participação na empresa no mesmo período, de 2,2% para 1,6%. As ações vendidas valiam US$ 3,3 bilhões na sexta-feira.

Um documento apresentado em abril de 2019 à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA afirmou que Ma planejava vender até 21 milhões de ações em um ano para apoiar suas iniciativas filantrópicas.

Leia também: Coronavírus: dono do Alibaba doará equipamentos médicos para o Brasil

As informações são da Reuters

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.