Redação E-Commerce Brasil

Índice de vendas do e-commerce cai 9,15% em agosto ante julho

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020   Tempo de leitura: 2 minutos

A reabertura do comércio físico já começa a dar mostras em relação ao “boom” do e-commerce no primeiro semestre de 2020. De acordo com o índice MCC-ENET, da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico em parceria com o Movimento Compre&Confie, as vendas online tiveram uma queda de 9,15% em agosto em relação ao mês anterior (julho). É apenas a segunda vez que as vendas do e-commerce regridem desde a chegada da pandemia do novo coronavírus ao Brasil.

A primeira vez que as vendas online sofreram queda no primeiro semestre de 2020 foi em fevereiro, mês em que o comércio eletrônico costuma sofrer baixas depois de bons números em dezembro em janeiro. Desde então, foi só crescimento, com exceção de junho, mês em que se deu a flexibilização do comércio físico na maioria dos estados brasileiros.

A queda em agosto já era esperada por conta da reabertura do comércio, porém, é importante destacar que -9,15% ainda é um número baixo em relação ao espaço conquistado pelo e-commerce no primeiro semestre. Em maio, por exemplo, o índice MCC-ENET mostrou um crescimento de 29,15% em relação a abril, que já era um mês de ascendência do comércio eletrônico.

Leia também: E-commerces faturaram R$ 5,3 bilhões na Semana do Brasil, aponta Social Miner

De acordo com o último relatório da Ebit|Nielsen, o e-commerce faturou R$ 38,8 bilhões de janeiro a junho de 2020, uma alta de 47% em relação ao mesmo período do ano passado.

Com informações do Poder360

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.