Redação E-Commerce Brasil

Exemplos da China: IA, tecnologias e experiências que podem inspirar os lojistas brasileiros

Terça-feira, 23 de fevereiro de 2021   Tempo de leitura: 6 minutos

Victor Lie é Arquiteto de Soluções da Huawei e participou do primeiro dia de palestras do evento Big Solutions – Customer Experience, realizado pelo E-Commerce Brasil com o intuito de promover conhecimento sobre as soluções digitais disponíveis aos lojistas de e-commerce.

Realizado de forma online e gratuita, o evento acontece nos dias 23, 24 e 25 de fevereiro.

A palestra de Lie se baseou nas tecnologias e tendências aproveitadas pelo mercado chinês em 2020 e como os e-commerces brasileiros podem se inspirar nelas em 2021.

Para ele, a realidade digital da China atualmente está à frente dos demais países e muito pode ser aprendido analisando os sucessos de lá.

Victor Lie (Huawei) e Samuel Gonsales (E-Commerce Brasil) durante o Big Solutions – Customer Experience, dia 23/Foto: Alexandre Ieva

Single’s Day

Em primeiro lugar, ele citou o Single’s Day, “a Black Friday do mercado asiático”, que acontece anualmente no dia 11 de novembro e é promovida pelo gigante marketplace Alibaba. Hoje em dia, o Single’s Day supera a Black Friday a passos largos e só em 2020 superou em 16 vezes o Amazon Prime Day nos Estados Unidos.

“Não é só um evento de compras, é o evento de compras, o maior do mundo”, defende Lie. Isso porque a data se tornou de fato um evento de entretenimento e teste de estratégias. Pela primeira vez, o Alibaba usou uma estratégia já muito em voga no mercado brasileiro: mais de um dia de promoção.

Este tipo de estratégia permite ao mercado chinês — sobretudo ao Alibaba — bater recordes anuais de vendas e faturamento.

O executivo explica ainda que o sucesso da data representou para a China uma alavanca na recuperação financeira em tempos de pandemia.

Inteligência Artificial na nuvem

Lie falou ainda que a Huawei e outras companhias chinesas vem desenvolvendo tecnologias que permitem ser integradas sem a necessidade do cliente entender de programação ou código. Não é preciso desenvolver ou instalar o software para tê-lo funcionando.

Pague com um sorriso

A tecnologia é tão avançada que existem totens e pontos de atendimento que nem o pagamento por aproximação — “novidade” que ganha força no Brasil após a pandemia — é necessário mais. A máquina reconhece o rosto do consumidor e faz a cobrança sem necessidade de senha.

Para provar a acurácia da ferramenta, o executivo usou fotos de diferentes períodos da vida e foto com um primo com quem se parece. Mesmo estando bem diferente, nas fotos em que Lie está de fato, a IA o reconheceu com 95% de semelhança entre as imagens. E a foto com o primo, apenas 7%.

Reconhecimento de imagem com produtos

Outra tendência adotada pelo mercado chinês é o uso de IA para identificar, catalogar e cobrar por produtos.

O exemplo usado por Lie foi o de maçãs de diferentes tipos. O reconhecimento de imagem é capaz de entender que se trata de tipos diferentes da mesma fruta e fazer a cobrança de maneira correta, sem o intermédio de um funcionário.

Monitoramento do trânsito de clientes

Existem ainda tecnologias que permitem monitorar as lojas físicas e entender o comportamento do consumidor. Por meio de câmeras associadas a IA é possível perceber e analisar:

  • Quantas pessoas passam na frente da loja (em um shopping ou na rua);
  • Quantas olham a vitrine;
  • Dessas, quantas entram na loja;
  • Mensurar estatística de clientes novos ou antigos;
  • Realizar mapas de calor das áreas e prateleiras que os clientes mais visualizam ou encostam;
  • Reconhecimento VIP de clientes recorrentes ou mais importantes;
  • Taxa de conversão com relação à taxa de visitas.

Huawei Cloud

Por fim, Lie falou sobre a Huawei Cloud, ferramenta de machine learning que usa as APIs da Huawei sem que a pessoa precise saber sobre configurações e códigos.

O usuário usa imagens e modelos e a ferramenta “aprende” e passa a ser desenvolvida com as informações alimentadas pelo usuário. Assim, não é necessário ter um vasto conhecimento técnico para “treinar” e usar algumas ferramentas, que fazem a maior parte do trabalho pelo usuário.

Confira os slides da palestra disponibilizados pelo executivo:

[Big Solutions CX] Como Cloud e Inteligência Artificial no varejo impactam na experiência dos consumidores from E-Commerce Brasil

Leia também: Como aumentar vendas do e-commerce com interação do varejo físico.

O E-Commerce Big Solutions – Customer Experience é um evento online promovido pelo E-Commerce Brasil em parceria com seus mantenedores. São 48 palestras divididas em três dias. Ainda dá tempo de se inscrever pelo link.

Por Júlia Rondinelli, da redação do E-Commerce Brasil.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.