Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

CES 2019: uso do Google Home e Alexa para compras online dispara nos EUA

Terça-feira, 08 de janeiro de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

Os consumidores americanos estão fazendo cada vez mais compras online por meio de aparelhos como Google Home e Alexa, da Amazon. Segundo pesquisa da NPR em parceria com a Edison Research, apresentada na CES 2019, o número de pessoas que adquiriram acima de quatro produtos usando esses assistentes disparou 145% em 2018.

O estudo mostra que, dentre os early adopters – ou seja, clientes que adotaram a tecnologia logo quando ela foi lançada -, 60% compravam até três itens por meio dos smart speakers. Outros 29% não adquiriam nenhum.

Já com os usuários mais recentes, o comportamento mudou bastante. Eles passaram a pedir mais produtos por meio, principalmente, do Google Home e da Alexa. Veja no gráfico abaixo.

CES 2019 smart speakers
Infogram

 

“O e-commerce está começando a aparecer aqui [nos comandos de voz] também”, afirmou Tom Webster, vice-presidente sênior da Edison Research.

De acordo com ele, boa parte das compras é de recorrência, mas usuários estão começando a adicionar itens para pesquisar. “Mesmo quando a compra não acontece no momento [da pesquisa], os speakers estão ajudando as pessoas a pesquisarem produtos para compras futuras”, explicou.

Essa nova tendência de comércio nos Estados Unidos segue o que parece ser um caminho irreversível na relação entre tecnologia e internauta. O Google, por exemplo, espera cruzar a fronteira de 1 bilhão de aparelhos rodando o seu assistente de voz – incluindo smartphones – até o fim de janeiro.

Já a Amazon afirmou ao site do The Verge, na última quinta-feira (4), que vendeu 100 milhões de unidades da Alexa.

A mudança tem chegado, inclusive, ao lado técnico das buscas. Em julho de 2018, o Google liberou a ferramenta Speakable, que identifica as áreas de um site onde a interação por voz pode ocorrer. Quais paradigmas esse novo comportamento vai quebrar em termos de SEO ainda é algo a assistir.

Boom dos speakers

O levantamento apresentado na CES mostra que, em dezembro de 2018, existiam 118,5 milhões de smart speakers apenas no mercado americano, um crescimento de 78% em relação ao mesmo período do ano anterior.

E os consumidores acharam esses aparelhos tão úteis que estão adquirindo mais de um para instalar em outros cômodos. Em apenas um ano, praticamente dobrou a quantidade de lares com pelo menos três assistentes inteligentes.

“As pessoas compravam os speakers [inicialmente] para escutar música, mas eles se provaram uma porta de entrada para o todo o resto que esses aparelhos podem fazer. Isso encoraja as pessoas a comprar lâmpadas inteligentes e outros produtos que fazem uma casa ser conectada – ou desconectada”, disse Webster.

Gráfico mostra frequência de uso de smart speakers nos EUA durante CES 2019
Gráfico apresentado na CES 2019 mostra frequência de uso de smart speakers nos Estados Unidos

Esse encorajamento se reflete nos número: 53% dizem usar um speaker todos os dias, enquanto outros 19% utilizam ao menos uma vez por semana.

“Quando perguntamos às pessoas se elas se sentiam frustradas quando aparelhos não fazem o que é pedido, a reação é mais de admiração. Longe de ficarem frustradas com pedidos não atendidos, elas ficam maravilhadas apenas com o fato de esses speakers estarem funcionando”, completou o vice-presidente.

Por Caio Colagrande, da redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.