Redação E-Commerce Brasil

Funcionários dos Correios encerram greve

Quinta-feira, 05 de outubro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Os funcionários dos Correios decidiram, nesta sexta-feira (6), encerrar a greve que já durava, em alguns municípios, mais de 15 dias. As cidades de São Paulo e Rio de Janeiro foram as primeiras a aceitar a proposta apresentada nesta quarta-feira (4) pelo ministro Emmanoel Pereira, vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Os trabalhadores voltaram ao trabalho nesta segunda-feira e, a partir de então, vão iniciar a compensação de 64 horas previstas

“A conjuntura desfavorável e a postura do tribunal, que mais determinou que mediou ou conciliou, foram determinantes para levar a maioria a entender que continuar a greve seria entrar numa guerra que exigiria forças e sacrifícios imensos da categoria”, afirmou o Sintect-SP, sindicato da categoria na capital paulista.

Por outro lado, a entidade comemorou os resultados da paralisação. O acordo contemplou solicitações feitas um mês antes da reforma trabalhista entrar em vigor. “[Isso] Foi o mais importante nesse momento, pois garante nossos direitos conquistados em muitos anos de luta, que estavam seriamente abraçados.”

Confira o momento em que os sindicalistas decidiram encerrar a greve:

Tanto o Sintect-SP quanto o Sintect-RJ são filiados à Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect).

A Federação Nacional de Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), outra entidade que representa os funcionários, orientou os sindicatos associados a realizar suas assembleias nesta sexta-feira (6).

“Valeu a luta da classe trabalhadora”, afirmou José Rivaldo, secretário-geral da Fentecet à Agência Brasil. “O saldo geral da paralisação é extremamente positivo. Entramos em greve no último dia 19 com uma proposta dos Correios que retirava grandes direitos conquistados há mais de 30 anos e, com a greve, começaram a vir propostas. Não perdemos nenhum direito, e vale a pena lutar para manter os Correios como estatal”, disse.

Audiência de conciliação

Nesta quarta-feira (4), Correios e entidades representativas dos funcionários se encontraram no TST para escutar a proposta formulada pelo ministro Emmanoel Pereira.

Além da compensação e desconto dos demais dias parados, o ministro se comprometeu a manter as cláusulas de negociação original da forma em que se encontram, excluindo a da gratificação de incentivo à produtividade e do acordo coletivo 2015/2016. Já o plano de saúde continuará sendo analisado e tratado de forma separada.

Pereira considerou a proposta justa e pediu aos representantes dos sindicatos e associações que encerrem a paralisação. Ele já havia considerado a greve abusiva no dia 28 de setembro. “Essa greve dos senhores me traz uma preocupação social muito grande”, afirmou.

O ministro também aproveitou o momento para fazer um apelo aos sindicalistas. “Eu, particularmente, estou sofrendo prejuízo com a greve dos senhores, que é legítima. Estou sem receber uma encomenda, já há algum tempo, por causa dessa greve”, desabafou.

Confira como foi a audiência na íntegra:

Por Caio Colagrande, da redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

  1. É um jogo de cena. A operação sempre foi rentável e o serviço bom.Um grupo do PMDB que está arquitetando: primeiro gerando um resultado negativo através do plano de saúde e previdência, criando o desconforto, as greves e a percepção de piora.
    Para finalmente realizar um edital fraudulento de licitação.

    Responder

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.