Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Frahm escolhe F1 Commerce para se tornar 100% digital

Terça-feira, 21 de dezembro de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

A Frahm escolheu a F1 como parceira para sua trajetória rumo à Transformação Digital. A indústria, que fabrica caixas acústicas e amplificadores, lançou seu e-commerce B2C em junho de 2020 e, como explica o gerente de Marketing e P&D,  André Frahm, deseja tornar esse tipo de venda 100% digital. Após um período de experiência, a organização decidiu investir também no B2B.

“Somos uma indústria tradicional, com 60 anos de história e uma força de venda muito focada nos representantes. Entendemos que o cliente precisa ser tratado como consumidor e que está muito acostumado com experiência de compra delivery de alta qualidade. Seu desejo é comprar no domingo à meia noite e acessar nossos produtos e estoque em tempo real”, diz.

Pioneira no lançamento de diversas tecnologias como Rádio FM, USB, Bluetooth, Tela Touch Screen, Controle Remoto, WIFI, Aplicativo e Bateria Interna, a meta da Frahm é chegar às cidades onde não possui cobertura via representação, como é o caso dos municípios menores, por exemplo.

“Nem sempre compensa para meu representante fazer essa viagem, mas pelo digital o cliente pode comprar de qualquer lugar”, acrescenta. Sobre a escolha pela F1, Frahm conta que três empresas foram analisadas. “A F1 nos atraiu por ser a ferramenta referência em e-commerce B2B, principalmente no que se trata de matriz tributária, integração de tributos e o próprio cenário brasileiro, todos fatores complexos para qualquer indústria”, revela.

A implantação da ferramenta, suporte e serviços também foram diferenciais percebidos pelo executivo. “Sabemos que a demanda por esse tipo de plataforma aumentou muito, mas tivemos reuniões semanais e o projeto foi muito bem conduzido”, completa. Para ele, a ferramenta vai ser útil também para o modelo de venda tradicional. “Atualmente, temos 54 representantes para cobertura nacional e o e-commerce vai ser um facilitador para que realizem seus pedidos pela internet”, acredita.

Frahm espera ter todo o faturamento feito através da ferramenta em dois anos. “Esse canal B2B prevê novas vendas e a reativação de clientes inativos, aumentando a saída de produtos. Vale ressaltar que os nossos representantes terão mais tempo para atender com qualidade, criar estratégia de vendas, fazer ação de giro de produtos no PDV, afinal, não precisará ficar preenchendo pedidos. Isso significa mais tempo também para melhorar o relacionamento com o cliente e, claro, aumento nas vendas”, conclui.

Com sede em Rio do Sul (SC), a indústria possui um parque fabril de 36 mil m², empregando mais de 200 pessoas e o foco em um processo de fabricação verticalizado de alta tecnologia. Além disso, são 15 mini fábricas dentro da mesma planta. Para conhecer o canal de vendas da Frahm clique aqui.

Leia também: 45% dos lojistas dedicam maior parte dos esforços ao marketplace, diz pesquisa

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER