Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Fintech simplifica crédito para vendedores online do mercado brasileiro

Sexta-feira, 25 de agosto de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Os pequenos e médios empreendedores do e-commerce brasileiro contam agora com uma nova forma de obtenção de crédito, desenvolvida para atender o setor e totalmente digital. A GYRA+  chega ao mercado para oferecer processo de análise 100% online, aprovação em até 24 horas e taxas mais baixas do que as oferecidas pelos bancos tradicionais, cartão de crédito ou cheque especial. Os interessados já podem entrar na plataforma para fazer uma avaliação da sua operação nos marketplaces. A fintech faz parte do grupo Mr. Presta, que já oferece este tipo de serviço para vendedores do Mercado Livre da Argentina e do México.  

Criada por dois ex-executivos de instituições financeiras de peso como Standard Chartered e Goldman Sachs,  Rodrigo Cabernite e Sérgio Spieler, a fintech é um correspondente bancário, que por meio de uma plataforma totalmente online, que intermedia o acesso ao crédito, oferecido por instituições credenciadas. “Quando os vendedores online precisam de capital de giro, geralmente eles encontram dificuldade, especialmente em relação à demora na liberação, juros altos e burocracia. Queremos facilitar esse processo”, conta Cabernite, um dos sócios fundadores da GYRA+.

Na plataforma, a liberação de crédito deve acontecer em até 72 horas, desde que o tomador tenha a solicitação aprovada e comprove cumprir um determinado perfil. “Procuramos vendedores que tenham transações recorrentes e mais de um ano de histórico”, lembra Spieler, que também é sócio fundador da fintech. Eles estimam que o tíquete médio das linhas será de R$ 30 mil. A análise é feita com base nas informações de desempenho do vendedor, buscadas nas próprias plataformas de vendas online onde ele atua, de forma ágil e não burocrática.

No Brasil , a GYRA+ deve atender não só os vendedores do Mercado Livre, mas também de outras plataformas, reconhecidas no setor de marketplaces – plataformas digitais onde vendedores e compradores se encontram para efetuar transações. O futuro da fintech é promissor. Para se ter um ideia do potencial desse mercado, basta saber que ele reúne cerca de 71 mil lojas online. A previsão é ele movimente cerca de R$ 59 bilhões em vendas em 2017, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Quase 39 milhões de brasileiros efetuam compras pelas internet.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.