Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Faturamento do e-commerce no Sudeste tem alta de 66,99% em novembro frente a outubro

Segunda-feira, 13 de dezembro de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

Seguindo a tendência positiva do e-commerce no Brasil, a região Sudeste registrou alta no faturamento de 66,99% em novembro, comparando com outubro. Outro dado importante do setor, considerando a mesma base de comparação, foi o crescimento de 49,53% nas vendas. Os dados são do índice MCC-ENET, levantamento desenvolvido pela Neotrust | Movimento Compre & Confie, comitê em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net).

Ainda com o mesmo período de comparação, quando são observados os dados do faturamento por região, mesmo com um bom desempenho, o Sudeste ficou em último lugar. A configuração ficou da seguinte forma: Norte (79,16%); Centro-Oeste (78,35%); Nordeste (72,53%); e Sul (69,79%).

“Podemos observar uma significativa movimentação em novembro, pois a grande maioria das grandes lojas adotaram as promoções desde o início do mês, não concentraram apenas na data da Black Friday”, afirma Gastão Mattos, responsável pela Divisão de Varejo Online da camara-e.net.

Vendas online no Sudeste

Considerando a comparação das vendas praticadas pela internet, entre os meses de novembro (2021 e 2020), neste caso, o Sudeste sinalizou crescimento de 11,92%. Seguindo em alta, o acumulado do ano é de 54,43%. As demais regiões registraram o seguinte desempenho: Norte (90,19%); Centro-Oeste (85,82%); Nordeste (82,98%); e Sul (69,12%).

Faturamento do Sudeste

Na métrica de faturamento do Sudeste, considerando a comparação entre novembro deste ano e o mesmo mês de 2020, a alta foi de 15,94%. No acumulado do ano, segue em ascensão: 78,67%. As demais regiões variaram da seguinte forma: Centro-Oeste (111,66%); Norte (103,78%); Nordeste (100,21%); e Sul (99,45%).

Metodologia

Os índices mensais vêm da comparação dos dados do último mês vigente em relação ao período base (média de 2017). Para compor o índice, o Neotrust | Compre & Confie coleta 100% de todas as vendas reais de grande parte do mercado de e-commerce brasileiro, utilizando adicionalmente processos estatísticos para composição das informações do mercado total do comércio eletrônico brasileiro. Também são utilizadas informações dos indicadores econômicos nacionais do IBGE, IPEA e FGV.

Não estão contabilizados no MCC-ENET dados dos sites MercadoLivre, OLX e Webmotors, além do setor de viagens e turismo, anúncios e aplicativos de transportes e alimentação, pois ainda não são monitorados pelo Neotrust | Compre & Confie.

Para conferir o estudo completo, acesse: https://www.mccenet.com.br/

Leia também: Nuvemshop anuncia fundo de investimento de R$ 55 milhões na América Latina

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER