Redação E-Commerce Brasil

54,5% dos lojistas nunca realizaram um teste de usabilidade, mostra pesquisa

Quarta-feira, 22 de setembro de 2021   Tempo de leitura: 5 minutos

Pesquisa da Digital Hub em parceria com o E-Commerce Brasil mostrou que 54,5% dos lojistas nunca realizaram um teste de usabilidade em seu site.

A pesquisa buscou levantar dados sobre a adequação dos e-commerces à experiência do usuário.

Para a parcela que afirmou realizar:

  • 23% realizam testes quantitativos, analisando mapas de calor, cliques e eventos;
  • 18% realizam testes qualitativos, gravando sessões e analisando jornadas;
  • 4,5% realizam tanto testes quantitativos quanto qualitativos.

45,5% dos respondentes afirmaram que frequentemente se baseiam em dados analíticos para implementar melhorias que visem incremento na taxa de conversão. 4,5% afirmaram que usam os dados sempre.

41%, no entanto, responderam que apenas raramente e 9% nunca usam.

Quando indagados sobre o campo de pesquisa do site, 31% afirmaram que de 0 a 30% dos usuários utilizam esta funcionalidade no e-commerce. Em menores proporções, 14% afirmaram que de 30 a 60% dos usuários fazem buscas e 18% afirmaram que mais de 60% de seus usuários no e-commerce usam o campo de pesquisa do e-commerce.

36%, no entanto, afirmaram que não acompanham esses dados.

Vitrines do e-commerce

Com relação às vitrines apresentadas ao consumidor voltadas para uma melhor experiência do usuário, 54,5% afirmaram que disponibilizam as vitrines de lançamentos e novidades.

Podendo responder mais de uma alternativa, 50% dos respondentes disseram que disponibilizam vitrines de ofertas e promoções.

Na faixa dos 45,5% duas respostas: produtos mais vendidos e produtos estrategicamente definidos.

Na faixa dos 13,6% também duas respostas: inteligência por navegação do usuário e produtos aleatórios inseridos na home.

Repaginados

41% dos respondentes afirmaram que o e-commerce passou por alguma reformulação ou mudança no visual nos últimos 5 meses ou menos visando melhoria na experiência do usuário.

23% passaram por este processo há mais de um ano e 18% há mais de 6 meses.

18% afirmaram que nunca alteraram nenhum componente do e-commerce.

Segmentações

Quando a pergunta foi segmentação de acordo com o comportamento do consumidor no site, 59% afirmaram que realizam a segmentação por categoria ou tipo de produto.

Podendo responder mais de uma alternativa, 50% afirmaram também que segmentam por região, estado ou cidade.

32% disseram que segmentam os públicos de acordo com a última compra ou visita realizada. Por fim, 27% segmentam por número de compras e 23% pelo valor das compras.

Expectativas

50% dos respondentes acreditam que seu e-commerce atenda plenamente às características visuais necessárias para o mercado.

Além disso, 32% disseram que o e-commerce atende parcialmente a estes critérios. Por outro lado, 9% acreditam que não atende, enquanto 4,5% responderam que não sabem como considerar e 4,5% responderam que atende acima das expectativas.

Foram consideradas para esta questão tendências de design, visual de produtos, descrições e botões.

Com relação à tecnologia necessária para o mercado, 54,5% afirmaram que consideram que seu e-commerce atenda parcialmente às características.

32% afirmaram que atende plenamente e 9% atende acima das expectativas. Por fim, 4,5% afirmaram que não atende.

Para esta questão, foi considerado velocidade de carregamento, estruturação de categorias e adaptação a diferentes tamanhos de tela.

Sazonalidade

Podendo responder mais de uma alternativa, os consumidores foram questionados sobre as novidades oferecidas para a experiência do usuário diante de datas de vendas sazonais.

73% afirmaram que oferecem promoções por cupons e 59% afirmaram que oferecem promoções por tipo ou categorias de produtos.

Na faixa dos 32%, duas respostas: hotsites e/ou categorias especiais e promoção por valor mínimo.

13,6% oferecem promoções por região.

Tecnologias

Quando indagados sobre as tecnologias usadas para a performance do e-commerce, 86% afirmaram usar o Web Analytics.

Podendo responder mais de uma alternativa, 45,5% usam automação de marketing e CRM.

Na faixa dos 27%: ferramentas de teste AB e comportamento de navegação.

Na faixa dos 23%: vitrines inteligentes e ferramentas de busca inteligentes.

Leia também: Suzane Apelbaum fala sobre marketing inclusivo no Fórum 2021.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER