Redação E-Commerce Brasil

O case da Evino: novos hábitos durante a pandemia aumentaram o consumo de vinhos no Brasil

Quarta-feira, 13 de outubro de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

A conversa entre Ari Gorenstein (sócio fundador e CO-CEO da Evino) e Adriana Mesquita (Team Lead Commercial & Partnerships da Adyen), parceiros de negócios desde 2018, começou com a informação sobre o aumento do comércio de vinho no Brasil durante o período da pandemia.

Para Ari, duas mudanças impactaram esse aumento na demanda dos brasileiros pelo consumo de vinho: o aquecimento das compras digitais (um canal seguro que mantém o distanciamento social) e o interesse pelos vinhos por parte dos consumidores.

Ao ficarem mais tempo em casa, as pessoas começaram a buscar atividades prazerosas dentro de suas próprias residências e o vinho aparece nesse contexto. Combinado a um filme, o preparo de uma janta e até mesmo durante aquela reunião de trabalho. Consumir vinho tornou-se um hábito de relaxamento dentro de casa.

Os dados apresentados pelo sócio fundador da Evino revelam a mudança de hábito de consumo e, de acordo com ele, a mudança veio para ficar.

Antes da pandemia, o consumo de vinho tinha uma média de 2 litros per-capita. Agora, no entanto, ele bate 2.8 litros per-capita, o que significa um aumento de quase 40%.

A migração de canais também foi fundamental para para o maior consumo da bebida, pois a facilidade dos canais digitais na hora da compra também impulsionou o público. Além disso, houve a adoção do e-wallet e  do Pix, que reduzem a fricção do checkout, deixando a compra mais intuitiva e leve.

Outra novidade que impulsionou o consumo foram as “bag in box”: caixas de vinhos de 3 a 5 litros, que são adquiridas para consumo à longo prazo e mantidas pelo consumidor como uma reserva de vinho.

Ari Gorenstein encerrou a palestra comentando um pouco sobre os benefícios do Live Commerce dentro deste mercado, pois as impressões do sommelier auxiliam no processo de compra e servem como canal para conhecer novidades, tirar dúvidas, estudar sobre harmonizações e entretenimento.

Por fim, ele relata o processo de preparação e de intensa programação da agenda da Evino para a chegada da Black Friday em novembro – um período de grandes expectativas para o negócio.

Por Amanda Lucio em cobertura especial para o Grocery&Drinks.

Leia também: Mastercard: número de PMEs que migraram para o digital cresceu 208% na pandemia.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER