Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Estudo mostra Raio X das reclamações online dos consumidores

Sexta-feira, 17 de novembro de 2017   Tempo de leitura: 5 minutos

A ITBroker, empresa de inteligência de mercado com foco em marketing e vendas, acaba de divulgar dados de um levantamento feito para a Black Friday com as 50 maiores empresas do comércio eletrônico do Brasil, que apontou quais são as principais queixas dos consumidores online durante todo o ano de 2017.

São elas: atraso na entrega (apontado por 48% dos clientes e presente em 38 do total de empresas avaliadas); produto não recebido (22,7% das reclamações totais e apontada em 18 dos comércios eletrônicos avaliados) e produto com defeito (15% do total de queixas online, apontado em 12 e-commerces analisados).

Segundo levantamento da ITBroker, essas 50 empresas, que se desmembram em 79 e-commerces, registraram faturamento de R$ 30.53 bilhões em 2015. Além de ser uma informação rica para o consumidor, fornecendo um retrato dos desafios que o setor ainda enfrenta no Brasil, esse tipo análise é muito útil para empresas que atuam no B2B e prestam serviços para e-commerces de maneira geral.

“Temos entre nossos clientes consultoria, produtoras, empresas de logística e de tecnologia, entre outras, que, por meio dessas análises, obtém informações altamente relevantes que podem embasar sua estratégia de vendas”, explica Natan Reiter, fundador da ITBroker.

A ferramenta da empresa proporciona, em um só painel, uma visão macro onde é possível identificar padrões relevantes do setor e uma visão micro, onde pode-se detalhar as principais reclamações de cada e-commerce em questão.

Confira as principais conclusões levantamento feito pela ITBroker com as reclamações online de 2017:

  • Foram registradas neste ano 397 mil reclamações nos canais online específicos para essa finalidade;
  • Atraso na entrega, produto não recebido e produto com defeito são, nessa ordem, as três principais queixas dos clientes que realizaram compras online;
  • Do total de 397 mil reclamações, 389 mil foram respondidas (aproximadamente 98%) e 8.481 reclamações estão pendentes de resposta por parte das empresas;
  • O tempo médio para médio para retorno das reclamações de dez dias;
  • Mesmo com índice de reclamações solucionadas de 77%, em torno de 59% dos consumidores que reclamaram declara que voltaria a comprar nesses e-commerces;
  • Do total mencionado de 397 mil reclamações nos canais online, 164 mil delas foram avaliadas pelos consumidores e receberam nota 5.73 (em uma escala de 1 a 10);
  • Do universo de empresas avaliadas 36% ou 18 empresas são exclusivamente e-commerces, enquanto 64% ou 32 do total são multicanal, atuando também como lojas físicas.

Ranking dos dez e-commerces com maior volume de reclamações em 2017:

  1. Casas Bahia
  2. Extra.com
  3. Netshoes
  4. Americanas.com
  5. Magazine.com
  6. Dafiti
  7. Ricardo Eletro
  8. Saraiva
  9. Renner
  10. Submarino

*Até 26/10, data de corte para realização do levantamento feito pela ITBroker.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.