Redação E-Commerce Brasil

Como estruturar seu negócio para impulsioná-lo no e-commerce B2B

Terça-feira, 08 de setembro de 2020   Tempo de leitura: 3 minutos

E-commerce B2B não é um assunto novo para muitos, principalmente depois das mudanças de negócios que temos visto no cenário mundial e nacional. Esse modelo de plataforma está crescendo muito ano a após ano e é uma aposta para os negócios entre empresas.

Mas como em todo e-commerce, existem alguns pontos operacionais importantes e particulares para essa frente. Por conta disso, apenas replicar a visão, operação e usabilidade de um comércio online B2C não funcionaria muito bem.

A importância de estar presente em uma plataforma com foco e objetivo para a finalidade de negócios de empresa para empresas é nítida para um aumento de vendas. Estamos falando de um mercado que ainda terá uma curva exponencial até chegar em seu amadurecimento e saturação. No entanto, é imprescindível que você precise planejar alguns tópicos para poder alavancar o seu negócio.

Tenha sempre tabelas de preço e frete específicas e atualizadas. Com elas, é possível trabalhar com várias faixas de valores, o que essencial, e atender todo o Brasil, independente de onde a sua empresa esteja localizada. Afinal, o comportamento de compra de uma empresa é bem diferente se comparado ao de uma pessoa física.

Outro ponto de muita atenção está nos meios de pagamentos. Muitas empresas só utilizam pagamento faturado, com prazo para daqui a 30, 60, 90 dias… Pois saiba que já existem alguns players no mercado que possuem flexibilização de pagamento, como a Americanas Empresas.

Esteja atento também às taxas e impostos. As tributações são diferentes para a finalidade de compra. Uma empresa pode comprar para consumo próprio ou para internalizar estoque e praticar revenda e distribuição dos itens. Na finalidade de compra de uso e consumo próprio, você tem a incidência dos impostos ICMS e DIFAL. Caso seja realizada uma venda para revendedores, o imposto incidido é o ICMS-ST – imposto sobre circulação de mercadorias com substituição tributária. Veja mais sobre o assunto!

Ficou fácil entender algumas diferenças básicas entre o mercado B2B e B2C, não é mesmo? Com o crescimento deste mercado, nenhuma oportunidade deve ser desperdiçada. Talvez, o B2B seja a sua solução!

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.