Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Essencialmente sustentável: empresa inova na logística e tecnologia com exportação de coco

Quinta-feira, 23 de dezembro de 2021   Tempo de leitura: 7 minutos

À primeira vista, um coco descascado com um lacre de abertura pode parecer, no mínimo, estranho. Mas basta entender o conceito por trás disso para mudar totalmente de opinião. A ideia do exótico projeto começou há pouco mais de três anos, quando André Cardella (fundador) e Juvenal Maia (diretor-geral) decidiram encarar o desafio da EdenCoco para exportar cocos a países que não produziam o fruto – em especial, a Europa.

Durante os estudos, perceberam que enviar o coco seria extremamente complexo, principalmente por conta da logística. Afinal, um fruto grande e pesado teria que ir de navio, o que levaria cerca de 30 dias para cruzar o Atlântico. A solução foi pesquisar alguma maneira de descascar o fruto de forma padronizada, que também contribuísse para sua redução de peso.  Viram então que na Tailândia era comum a comercialização de coco verde sem a casca, bem redondos. 

Tecnologia a favor da sustentabilidade

Aproximadamente ano e meio depois da viagem, a estrutura da EdenCoco estava pronta! A tecnologia consiste em retirar milimetricamente cerca de 70% da casca com um furo que penetra apenas a superfície, sem atingir a polpa. O motivo? Dessa forma, a camada de casca restante é suficiente para preservar a integridade interna do fruto e todas as suas propriedades. Na mesma etapa deixa-se o espaço para a passagem do canudo, sem perfurar o limite de proteção natural do suco.

Estabelecida em Valinhos (SP), a EdenCoco possui um contrato de arrendamento em uma fazenda parceira, localizada na Bahia. A empresa recebe os cocos do produtor e tem como uma das responsabilidades o cuidado com a irrigação e a adubação das plantas. Todo o insumo retirado dos cocos é revertido e direcionado à área de fertilizantes das fazendas parceiras. Outra finalidade dos descartes é direcionada à fabricação de diversos produtos, como vassouras e acolchoados para a indústria automobilística.

E a sustentabilidade não acaba por aí: tanto o canudo que acompanha o produto como o lacre de abertura (semelhante aos de latinhas de alumínio) são revestidos com o aditivo oxibiodegradável d2w®, uma resina pró-degradante certificada pela ABNT que diminui a meia-vida do canudo em dois anos. Além disso, a EdenCoco possui certificado Eureciclo, que garante a logística reversa das embalagens – caso a empresa produza uma tonelada de embalagens, por exemplo, essa mesma quantidade é reciclada pela plataforma de compensação ambiental.

Armazenamento e logística

Apesar de a camada de proteção ser preservada pela EdenCoco, o fruto fica mais sensível. Por isso, assim que a casca e a fibra do coco verde são extraídas, a fruta passa automaticamente para a fase de refrigeração entre 0° e 5°, e assim permanece até a chegada ao cliente final. Até mesmo o transporte, feito por profissionais e distribuidores terceirizados, é equipado com sistema de refrigeração para preservar a validade e a qualidade dos produtos.

A distribuição, aliás, é uma dos principais beneficiadas pelo trabalho de descasque dos cocos. Ao retirar a fibra (parte mais pesada), o fruto de dois quilos passa a ter cerca de 700 gramas. Além disso, a parte retirada reduz a emissão de lixo no meio ambiente de três a quatro vezes. Com todo esse planejamento logístico, a EdenCoco é capaz de oferecer o produto com frete grátis a diversas regiões.

A maior parte dos clientes está localizada nas regiões sul, sudeste e centro-oeste do país – fora dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, segundo André, o valor do frete é cobrado de acordo com a transportadora. Acontecem entre 100 e 150 entregas por dia, com baixíssimo índice de rejeição. 

E o futuro?

A EdenCoco atende prioritariamente às missões de plantio, distribuição e logística dos produtos. É ela quem abastece seus pontos de venda – em São Paulo, por exemplo, há 51 deles. Segundo a empresa, há também e-commerces de e-grocery revendendo os cocos. Para consumidores finais, existem ainda opções de assinaturas (semanal, quinzenal e mensal). 

Novos produtos seguindo a linha natural estão em rota de lançamento pela empresa, mas preservados em “segredo de estado” – a única dica é que também são 100% naturais, sem qualquer adição de conservantes. A EdenCoco pretende aumentar o alcance dos frutos no mercado externo, terreno esse em que ela já vem marcando presença. É o coco brasileiro (e personalizado) ganhando o mundo!

Por Giuliano Gonçalves, da Redação do E-Commerce Brasil

Este texto foi retirado da Edição 61 da Revista E-Commerce Brasil, publicada em fevereiro de 2021

Leia também: Custos de envio e logística devem continuar subindo no setor de transportes

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER