Redação E-Commerce Brasil

O fim das filas no correio! Empresa de inteligência logística tira empresários da fila com coleta gratuita

Terça-feira, 20 de abril de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

Após um ano do início da pandemia de Covid-19 no Brasil, as pessoas têm, cada vez mais, evitado sair de casa, na medida do possível. Como consequência, aumentaram as demandas por serviços e vendas pela internet.

No primeiro semestre do ano passado, o Brasil registrou um aumento de 70% em pedidos nas lojas online, em comparação com o mesmo período de 2019. Aumentou também o volume diário das entregas de produtos dos e-commerces, o que acabou gerando um problema: se por um lado, as compras virtuais evitam que os consumidores saiam de suas casas, por outro, faz com que os lojistas se exponham, tendo que encarar horas nas filas do correio para postarem suas vendas.

Como solução, a +Envios, startup de inteligência logística, adotou a prática da coleta gratuita. Caso o valor que o empresário invista para fazer seus envios de produtos aos clientes seja superior a R$ 500 mensais, um veículo vai até o seu estabelecimento gratuitamente para coletar os pacotes e fazer o envio.

“E se o empresário não atingir este valor mensal, basta pagar o equivalente a um cafezinho: menos de R$ 5 por dia”, complementa o CEO da +Envios, Fabio Garcia. “Implantamos a coleta gratuita como um atrativo e também para incentivar o empresário a respeitar o isolamento social. Ao agruparmos as entregas dos clientes, de acordo com a inteligência logística evitamos que mais pessoas saiam de casa”, explica.

Para os empresários, além de não se exporem ao risco, a coleta gratuita traz ainda a economia de tempo e dinheiro, uma vez que, antes, para fazer suas entregas, era necessário destinar ao menos um funcionário por dia e bancar sua ida até o correio.

“Além da facilidade, a +Envios nos trouxe praticidade e comodidade! Sem falar que o custo também ficou bem mais em conta para fazer todas as entregas dos produtos que precisamos. Isso faz muita diferença em nosso negócio”, reforça Ivo Michelloni, cofundador da Idesa.

Leia também: Pesquisa de compras: 45% dos latino-americanos não clicam além da 1ª página. 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.