Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

E-commerce no Sudeste registra alta de 9,03% nas vendas online no 1º tri, revela MCC-ENET

Wednesday, 27 de April de 2022   Read time: 4 minutes

A região Sudeste cresceu 9,03% em vendas pelo e-commerce no primeiro trimestre do ano (janeiro a março), ao comparar com o mesmo período do ano passado. Considerando a mesma base de comparação, o faturamento também registrou alta de 8,20%. Os dados são do índice MCC-ENET, levantamento desenvolvido pela Neotrust | Movimento Compre & Confie em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net).

Entretanto, apesar da alta, ao observar os dados do ranking regional, considerando como base o primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2021, o Sudeste ficou na última posição. Já o Norte foi o primeiro (27,02%); seguido por Nordeste (22,79%); Centro-Oeste (15,81%) e Sul (14,36%).

“O crescimento das vendas online no Sudeste, no primeiro trimestre, comparado ao mesmo período do ano anterior, foi de 9%, o que mostra um aquecimento constante. Outro indicador de destaque do estudo MCC-ENET foi a penetração das vendas online brasileira em relação ao total do varejo, que em fevereiro de 2022 atingiu 12,4% na média móvel dos últimos 12 meses, o maior valor do histórico medido desde janeiro de 2018″, afirma Gastão Mattos, responsável pela Divisão de Varejo Online da camara-e.net.

Vendas online no Sudeste

Quando a avaliação das vendas online do Sudeste é referente aos meses de março e fevereiro, o crescimento foi expressivo: 20,36%. Já na comparação entre os meses de março (2022 e 2021), houve ligeira alta de 0,22%.

No ranking regional, considerando como base a comparação entre março e fevereiro, novamente o Sudeste, novamente, ocupou a última posição. A composição ficou da seguinte forma: Norte (28,28%); Nordeste (25,57%); Sul (24,73%); e Centro-Oeste (20,86%).

Faturamento do Sudeste

O faturamento do e-commerce, no Sudeste, teve uma expansão de 22,96% quando o período comparado foi março e fevereiro. Na avaliação entre o período de março deste ano, frente ao mesmo mês de 2021, a alta foi de 1,75%.

A composição regional, usando a base comparativa entre março e fevereiro, o Sudeste ficou em penúltimo lugar a frente apenas do Centro-Oeste (21,88%). As primeiras posições foram: Sul (28,21%); Nordeste (27,81%); e Norte (27,07%).

Metodologia

Os índices mensais vêm da comparação dos dados do último mês vigente em relação ao período base (média de 2017). Para compor o índice, a Neotrust |Movimento Compre & Confie coleta 100% de todas as vendas reais de grande parte do mercado de e-commerce brasileiro, utilizando adicionalmente processos estatísticos para composição das informações do mercado total do comércio eletrônico brasileiro. Também são utilizadas informações dos indicadores econômicos nacionais do IBGE, IPEA e FGV.

Não estão contabilizados no MCC-ENET dados dos sites MercadoLivre, OLX e Webmotors, além do setor de viagens e turismo, anúncios e aplicativos de transportes e alimentação, pois ainda não são monitorados pela Neotrust | Movimento Compre & Confie.

Clique aqui e confira o estudo completo.

Leia também: NielsenIQ Ebit: intenção de compra online para o 2º tri é maior desde 2018

Leave your comment

0 comments

Comments

Your email address will not be published.

Commenting as Anonymous

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER