Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

E-commerce cresce 12% no primeiro semestre de 2019, segundo 40º Webshoppers

Quarta-feira, 21 de agosto de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

O e-commerce no Brasil manteve a expectativa e voltou a registrar mais um semestre de crescimento. Pesquisa divulgada pela Ebit/Nilsen nesta quarta-feira (21/08) faz parte da 40ª edição do levantamento Webshoppers.

De acordo com o estudo, o comércio eletrônico teve um crescimento de 12% em vendas online no primeiro semestre de 2019. No primeiro semestre de 2018, o crescimento também tinha sido de 12%. Nos últimos seis meses, esse crescimento representa um faturamento de R$ 26,4 bilhões.

Já de acordo com o volume de pedidos, o primeiro semestre de 2019 registrou um crescimento de 20%, ante 8% registrados no primeiro semestre de 2018. O dado atual representa R$ 65,2 milhões em volume de pedidos, como mostram os gráficos abaixo.

De acordo com a análise da Ebit/Nielsen, esse incremento no número de pedidos não está sendo causado por uma recuperação da economia. O que tem ocorrido é uma migração e uma descoberta do canal online. Em outras palavras, os consumidores que já compravam, passaram a experimentar novas lojas, novas categorias e novos produtos. E há muitos consumidores novos entrando, o que faz acreditar na evolução do canal, segundo Ana Szasz, líder da Ebit/Nielsen.

Novos compradores

Dos consumidores pesquisados no primeiro semestre de 2019, 5,3 milhões (18,1% do total pesquisado no período), fizeram sua primeira compra online. Portanto, a entrada de novos compradores no cenário de comércio eletrônico tem ajudado a  alavancar os dados generosos do setor.

Houve uma variação positiva de 7% a mais de consumidores em e-commerces. Ao todo, 29,7 milhões no primeiro semestre de 2019, em comparação com o primeiro semestre de 2018.

Regiões

Sobre o desempenho do e-commerce por região, o sudeste continua com a maior concentração de e-commerces, com faturamento de quase R$ 15 bilhões no primeiro semestre de 2019.

Porém, o setor tem crescido nas outras regiões. O Sul do país registrou no mesmo período um faturamento de R$ 5,4 bilhões. O Nordeste aparece com um faturamento de R$ 3,3 bilhões. O Centro-oeste, R$ 1,8 bi. E a região norte, R$ 0,9 bi.

Digital Commerce

O estudo mostra a evolução do faturamento no Digital Commerce, que cresceu dois dígitos no primeiro semestre de 2019. O Brasil é o país com maior faturamento entre as nações da América Latina. Ainda, segundo os números, 36% da população é Digital Buyer.

Estratégias

De acordo com análises da Ebit/Nielsen, o e-commerce passará, cada vez mais, a ser pauta nas definições de estratégias para os negócios. O estudo aponta:

  1. Interface com o consumidor
    Consumidor mais exigente demanda experiência cada vez mais simples, fácil e rápida.
  2. Sortimento diferenciado
    Com o novo mix de categorias e novos consumidores acessando o canal, entender quais produtos trabalhar no online é essencial.
  3. Reputação de ponta a ponta
    Desde a intenção de compra até o pós-venda, a experiência do consumidor impacta sua relação com a merca.
  4. Multicanais que se completam
    Online + offline são complementares. Definir como cada canal pode coexistir, sem sobrepor suas propostas de valor, é fundamental.

Destaques do e-commerce

Durante a coleta de informações para o estudo, a empresa se deparou com alguns indicadores importantes.

  1. Mobile First / Mobile Only
    Dos novos entrantes no primeiro semestre de 2019, 64% compraram via smartphone.
  2. Marcas nativas digitais
    Empresas nativas do seguimento digital apresentaram expansão da abrangência de categorias e produtos disponíveis.
  3. Expansão dos concierges online
    São cada vez mais comuns serviços de entrega para auxiliar no e-commerce ou compra e entrega, inclusive com plataforma/app para pedidos. Isso ajuda a aumentar as opções para os clientes e facilita as entregas.
  4. Consumidor espera encontrar varejista no mundo digital
    O desafio é manter o mesmo direcionamento estratégico em todos os pontos de contato com o cliente.

Leia também: 90% dos consumidores estão satisfeitos com a navegação via mobile

Por Rafael Chinaglia, da redação E-Commerce Brasil.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.