Redação E-Commerce Brasil

E-commerce brasileiro faturou R$ 61,9 bilhões em 2019, 16,3% acima de 2018

Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020   Tempo de leitura: 2 minutos

O ano de 2019 fechou com alta de 16,3% nas vendas do comércio eletrônico, com faturamento de R$ 61,9 bilhões, enquanto em 2018 foi de R$ 53,2 bilhões. Tal número foi impulsionado pela breve retomada da economia e também pelo fortalecimento do segmento de e-commerce no país. Segundo a Ebit|Nielsen, o número de pedidos no ano também foi maior que no anterior. Totalizou 148,4 milhões de compras em 2019, frente a 122,7 milhões.

Ticket médio menor

Se o faturamento e os pedidos aumentaram, o valor médio do ticket foi menor: passou de R$ 434 para R$ 417, queda de 3,9%. Esse movimento pode ser verificado nos dias do evento da última edição da Black Friday, quando as vendas aumentaram, porém o valor médio de desembolso foi menor na comparação com 2018.

O número final de 2019 superou a projeção do Webshoppers 40º, que era de R$ 59,8 bilhões. “Na análise dos últimos relatórios da Ebit|Nielsen, percebemos uma tendência de aumento do volume de compras via internet. As vendas foram cada vez maiores pelo canal mobile, como aconteceu na Black Friday, com 55% dos pedidos feitos por meio de celulares e tablets. Isso, consequentemente, leva a um tíquete médio menor. Ou seja, temos um crescimento na frequência de compras, impulsionado por categorias de consumo mais dinâmicas”, explica Roberto Butragueño, Diretor de Atendimento ao Varejo e E-commerce da Nielsen Brasil.

E-commerce em ascensão

Vale destacar que esse crescimento no e-commerce deve se manter em 2020, com uma expectativa de faturamento de R$ 74 bilhões — puxado pela entrada de novos players, principalmente do setor de Alimentos e Bebidas. Essas categorias, segundo o pesquisador, têm garantido a participação de um consumidor mais frequente nas compras online.

Próxima edição

No mês de abril será divulgada a 41ª edição do Webshoppers, com mais dados e insights sobre a performance do e-commerce em 2019. Na mesma data ocorrerá o Prêmio Ebit|Nielsen, que reconhece as lojas online que se destacaram no decorrer do ano anterior.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Ebit Nielsen com números cada vez mais sem sentido. Logo mais esta empresa fechará as portas por falta de credibilidade.

    Responder

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.