Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Dia do Solteiro da China chega ao Brasil e promete descontos no e-commerce

Segunda-feira, 11 de novembro de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

Se em 2018, o Dia do Solteiro na China fez circular mais de 30 Bilhões de Dólares por meio do e-commerce do Grupo Alibaba, o varejista oriental acredita em um lucro muito maior neste ano, principalmente devido à expensão para outros países.

No Brasil, por exemplo, o Alibaba criou, pela primeira vez, 48 horas de promoções. De acordo com o Infomoney que conversou com o especialista Eduardo Yamashita, COO da consultoria para o varejo GS&Gouvêa de Souza, “a estratégia agressiva de expansão do festival chinês para o mercado brasileiro é vista como natural devido às relações já estruturadas que o grupo da China possui no país”.

Venda direto da China

Alguns e-commerces brasileiros também aderiram ao Dia dos Solteiros da China. É o caso da Americanas.com, do Grupo B2W, que está vendendo “mais de 8 milhões de itens diretamente da China, com descontos de até 80% e frete grátis no site”, segundo o Infomoney.

A inciativa dos varejistas brasileiros de se juntarem à uma das principais datas de comércio eletrônico do país mais populoso do mundo, deve incrementar mais os ganhos por aqui. Novembro já é um mês em que o comércio espera (e sempre ganha) muito dinheiro com as transações da Black Friday.

Com mais este movimento, a expectativa é de que os lucros ajudem a tornar novembro o principal mês do ano para o comércio eletrônico brasileiro. Isso é possível, mesmo que demore para que o dia do Solteiro da China se torne, no Brasil, algo tão popular quanto a Black Friday.

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER