Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Número de tentativas de fraudes no Dia das Mães cai 4% de 2021 para 2022, aponta ClearSale

Segunda-feira, 16 de maio de 2022   Tempo de leitura: 2 minutos

O e-commerce brasileiro sofreu quase 785 mil tentativas de fraudes apenas no primeiro trimestre de 2022, um aumento de 23,6% em relação ao mesmo período de 2021. Na contramão deste crescimento, o Dia das Mães registrou uma queda de 4% no comparativo: foram registrados 123.759 pedidos fraudulentos no ano passado contra 118.810 neste ano.

Dia Das Mães

Os dados são da ClearSale, empresa especializada em soluções antifraudes nos mais diversos segmentos, entre eles o e-commerce. Apesar da queda no volume, o levantamento mostra que o valor das fraudes evitadas aumentou 9,3%, atingindo R$ 152.187.500.

“A queda nas tentativas de fraude é reflexo de um menor volume de pedidos no e-commerce no período: com menos transações, é natural que a quantidade de pedidos fraudulentos também apresente uma ligeira queda. Além disso, a situação econômica do país pode influenciar num menor poder aquisitivo dos consumidores”, aponta Rodrigo Sanchez, diretor executivo Comercial da ClearSale.

Produtos

As categorias que geraram maior número de fraudes evitadas no Dia das Mães foram: Alimentos, Celular, Eletrônicos, Ar-Condicionado e Eletrodomésticos. Em 2021, a lista não muito diferente: Bebidas, Ar-Condicionado, Celular, Eletrônicos e Eletrodomésticos.

Já analisando pelo valor dos produtos, as categorias com maior índice de possíveis ações fraudulentas foram: Eletrônicos, Magazines, Ar-Condicionado, Celular e Ferramentas. No ano passado o Top5 foi composto por Bebidas, Eletrônicos, Brinquedos, Celular e Automotivo.

Mercado Financeiro e Telecomunicações

Na mesma linha do e-commerce, os mercados financeiro e de telecomunicações também apresentaram queda nas tentativas de fraude no período. As transações financeiras registraram 1.275.904 pedidos potencialmente fraudulentos, montante 48,94% menor no comparativo. Já em telecomunicações, foram 100.051 possíveis golpes, número que representa diminuição de quase 56% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Leia também: Correios recebe certificação internacional de segurança da UPU.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER