Redação E-Commerce Brasil

Dia das Mães 2019: como foi a performance dos e-commerces no período

Sexta-feira, 17 de maio de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

De acordo com a Ebit/Nielsen, os e-commerces faturaram R$2,2 bilhões no Dia das Mães em 2019 – um crescimento de 5% em relação ao ano anterior. Neste cenário, como foi a performance do seu negócio? Lançaram muitas campanhas e se destacaram da concorrência?

Para te ajudar a responder essas perguntas, a Social Miner se uniu a Vindi e a Octadesk para analisar os resultados do varejo virtual e entender como o consumidor interagiu com a data neste ano.

O estudo revela, por exemplo, que o setor que mais se beneficiou com o evento foi Beleza e Saúde, que concentrou 27,10% nas vendas, seguido de Eletrodomésticos e Eletroportáteis, Multicategoria e Moda, com 26,83%, 15,89% e 15,28%, respectivamente.

Outra descoberta que merece destaque é que o público deixou as compras do Dia das Mães para última hora, sendo que o maior pico de vendas foi entre os dias 06 e 08 de maio, a menos de uma semana do evento – uma tendência que já tinha sido identificada no comportamento do consumidor no mesmo período, em 2018.

Para conferir os dados completos do Relatório do Dia das Mães 2019 é só baixar o conteúdo, gratuitamente, aqui.

E o que mais tem no relatório?

Neste Dia das Mães, o Sudeste concentrou a maior parte das conversões, com 62,65%. No entanto, o Centro Oeste foi a região que apresentou uma maior variação de crescimento, aumentando em 7,59% suas vendas entre o final de abril e início de maio.

O material mostra também que o cartão de crédito foi o meio de pagamento escolhido por 96,6% dos consumidores durante o período, sendo que 80,4% das compras foram a vista.

Além disso, os consumidores que se identificaram como do gênero feminino compraram mais de categorias como Beleza e Saúde (25,37%) e Moda (16,40%), enquanto aqueles usuários que se declararam homens, compraram mais Eletrodomésticos (23,62%) e Multicategoria (5,75%).

E o canal preferido para abertura dos tickets de atendimento foi o e-mail, com representatividade de 57,09%, seguido de chat, com 29,22%.

A base analisada

Para o relatório, as empresas analisaram o comportamento dos consumidores que compõem as suas bases – são mais de 36 milhões de cadastros só na Social Miner – entre os dias 14/04 e 12/05. Eles estabeleceram, também, um comparativo com a performance dos e-commerces em 2018, analisando os resultados 15 dias antes da data em ambos os anos. Você pode acessar o material completo aqui.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.