Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Day 3 #WebSummit2018: precisamos conversar além da tecnologia

Quinta-feira, 08 de novembro de 2018   Tempo de leitura: 1 minuto

Margrethe Vestager é uma política dinamarquesa, que atualmente é Comissária Europeia para a Concorrência, que levantou a audiência do Web Summit, hoje, na sua segunda participação no evento.

Ela já começou a sua palestra afirmando: “Precisamos conversar não apenas sobre internet e tecnologias, mas como toda a sociedade está se transformando por causa delas.” Ela está prestes a encerrar o seu terceiro caso na Comissão Européia contra o Google por causa do seu serviço Google AdSense.

“O mundo digital não pode mais escapar das regras que se aplicam a nossas vidas e negócios offline. A inovação que precisamos não é sobre contornar as regras. A inovação é importante porque melhora nossa vida, nossos negócios. Por isso, não há necessidade para pedir às pessoas que abdiquem de valores como a democracia, privacidade e justiça em favor da inovação”, disse Vestager. “Ultimamente, para muitas pessoas, a confiança [nas empresas de tecnologia] sofreu danos. As pessoas viram os seus dados serem roubados, mau usados, viram empresas abusarem do grande poder que tinham no mercado”.

“A tecnologia tem imenso poder para fazer o bem. Mas a internet é muito poderosa e também está fadada a riscos. E não é um ataque a internet reconhecer que estes riscos são reais para a sociedade. É preciso regras claras para que a tecnologia nos sirva e não se sirva a ela própria”.

A plateia era muito difícil (empresas de tecnologia, grandes ou pequenas, que não gostam de muita regulamentação), ela abordou: manipulação de informações nas redes sociais, disseminação de discursos de ódio e até mesmo conteúdo relacionados a terrorismo. “Temos de assegurar que as redes sociais não se tornem lugares onde se pode espalhar o que quer que seja, coisas muito, muito más”.

A Comissão Européia pretende que as redes sociais apaguem este tipo de conteúdo uma hora depois de identificado.

Por outro lado, reforçou as questões de segurança e a manipulação de opiniões através das redes sociais: “também precisamos nos juntarmos para evitarmos cyber ataques e evitarmos publicidade com financiamento obscuro que minam as democracias pelo mundo.”

Ela encerrou sua fala abordando a política fiscal-tributária para as empresas de tecnologia e para o e-commerce cross-border na União Européia. Esta decisão acontecerá em dezembro. “Temos de garantir que é preciso pensar uma nova forma de cobrar impostos pois a forma como estas empresas criam valor, as nossas leis fiscais não as compreendem e isso precisa mudar.”

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.