Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Day 3 #WebSummit2018: precisamos conversar além da tecnologia

Quinta-feira, 08 de novembro de 2018   Tempo de leitura: 1 minuto

Margrethe Vestager é uma política dinamarquesa, que atualmente é Comissária Europeia para a Concorrência, que levantou a audiência do Web Summit, hoje, na sua segunda participação no evento.

Ela já começou a sua palestra afirmando: “Precisamos conversar não apenas sobre internet e tecnologias, mas como toda a sociedade está se transformando por causa delas.” Ela está prestes a encerrar o seu terceiro caso na Comissão Européia contra o Google por causa do seu serviço Google AdSense.

“O mundo digital não pode mais escapar das regras que se aplicam a nossas vidas e negócios offline. A inovação que precisamos não é sobre contornar as regras. A inovação é importante porque melhora nossa vida, nossos negócios. Por isso, não há necessidade para pedir às pessoas que abdiquem de valores como a democracia, privacidade e justiça em favor da inovação”, disse Vestager. “Ultimamente, para muitas pessoas, a confiança [nas empresas de tecnologia] sofreu danos. As pessoas viram os seus dados serem roubados, mau usados, viram empresas abusarem do grande poder que tinham no mercado”.

“A tecnologia tem imenso poder para fazer o bem. Mas a internet é muito poderosa e também está fadada a riscos. E não é um ataque a internet reconhecer que estes riscos são reais para a sociedade. É preciso regras claras para que a tecnologia nos sirva e não se sirva a ela própria”.

A plateia era muito difícil (empresas de tecnologia, grandes ou pequenas, que não gostam de muita regulamentação), ela abordou: manipulação de informações nas redes sociais, disseminação de discursos de ódio e até mesmo conteúdo relacionados a terrorismo. “Temos de assegurar que as redes sociais não se tornem lugares onde se pode espalhar o que quer que seja, coisas muito, muito más”.

A Comissão Européia pretende que as redes sociais apaguem este tipo de conteúdo uma hora depois de identificado.

Por outro lado, reforçou as questões de segurança e a manipulação de opiniões através das redes sociais: “também precisamos nos juntarmos para evitarmos cyber ataques e evitarmos publicidade com financiamento obscuro que minam as democracias pelo mundo.”

Ela encerrou sua fala abordando a política fiscal-tributária para as empresas de tecnologia e para o e-commerce cross-border na União Européia. Esta decisão acontecerá em dezembro. “Temos de garantir que é preciso pensar uma nova forma de cobrar impostos pois a forma como estas empresas criam valor, as nossas leis fiscais não as compreendem e isso precisa mudar.”

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.