Redação E-Commerce Brasil

Cuervo Supply projeta aumentar em 208% seu faturamento este ano

Sábado, 31 de julho de 2021   Tempo de leitura: 6 minutos

3Com a pandemia, a expansão do comércio digital foi acelerada em todo mundo, inclusive no Brasil. Neste contexto de grandes desafios para os negócios, muitos lojistas investiram no e-commerce e começaram a registrar crescimento exponencial. Esse é o caso da Cuervo Supply, marca de techwear e um dos clientes da Nuvemshop, plataforma de e-commerce líder na América Latina com mais de 90 mil negócios virtuais. Nos primeiros meses do ano, a loja já aumentou em 76% suas vendas online quando comparado com o mesmo período de 2020.

Modelos de marca de roupa posando sentados em sofá
Loja já aumentou em 76% suas vendas online quando comparado com o mesmo período de 2020.

O crescimento da marca se deve à estratégia totalmente focada no comércio on-line, experiência de compra e na reinvenção do modelo de negócio. Antes da pandemia, a marca trabalhava com uma diferente modalidade de negócio, por isso, precisou reformular sua estratégia e buscar novos fornecedores no Brasil. Desde então, a empresa segue em crescimento e vem se consolidando como uma marca relevante no mercado de techwear, um estilo composto por roupas com design futurista e utilitário, geralmente marcado por peças que unem materiais esportivos a detalhes como bolsos e outros acessórios úteis no dia a dia.

E para potencializar e motivar essas grandes marcas a crescerem e aumentarem as suas vendas ainda mais, a Nuvemshop, com o plano para grandes marcas, garante ao lojista um ecossistema completo e atendimento consultivo. “Com a nossa solução, essas empresas conseguem analisar as melhores estratégias para o negócio, além de escolher os recursos mais viáveis para aquele determinado desafio, com a qualidade da Nuvemshop. A plataforma garante bastante autonomia para os clientes personalizarem o seu e-commerce. Queremos estar próximos aos donos de lojas virtuais para apoiá-los no dia a dia e auxiliá-los a resolver os desafios de seus negócios”, afirma Alejandro Vázquez, CCO e co-fundador da Nuvemshop.

Jornada de expansão

Leonardo Muller, sócio-proprietário da Cuervo, começou a empreender depois de muitos desafios. “Minha história é muito louca. Vim do Marketing de Conteúdo, tive experiências no dropshipping, dei consultoria e prestei serviços integrando ferramentas de e-commerce. Atuei no ramo de cursos online e posso citar experiências desde cursos de biscoito orgânico para cachorros até depilação, passando por fabricação de pães e de manutenção de carro, criação de papelaria e pintura de panos de prato”, completou.

Depois de fazer parceria com um especialista em e-commerce, Leonardo aplicou o que aprendeu em suas empresas. “Fali quatro lojas, mas a cada experiência, eu cometia menos erros”, disse. O empreendedor tinha um plano: aplicar em seu negócio a automatização de tarefas de marketing e aprimoramento dos processos. Ele queria um sistema que melhorasse de maneira automatizada.

Tempo é dinheiro

O fundador da Cuervo disse que trouxe a Nuvemshop para o seu negócio porque precisava delegar tarefas. Segundo ele, 80% de seu esforço passou a ser gerido pela plataforma. “Com a minha experiência, eu poderia ter criado uma ferramenta que automatizasse meus processos, porém eu levaria muito tempo e perderia dinheiro”, contou.

Modelo oriental feminina posando com roupas da marca Cuervo Supply
Nascida em 2017 com uma proposta streetwear, Cuervo Supply vem se consolidando como uma marca de techwear, moda que combina tecnologia, utilidade e conforto.

Leonardo relatou que antes de chegar até a Nuvemshop, tentou outra solução na qual ele administrava parte das tarefas, porém o custo e o tempo gasto nas atividades se tornaram insustentáveis. “Ganhei dinheiro com a Nuvem”, disse.

Aspiração e apostas

A Cuervo, nascida em 2017 com uma proposta streetwear (moda casual e urbana), vem se consolidando como uma marca de techwear (moda que combina tecnologia, utilidade e conforto). Agora, o segmento expandiu e, atualmente, tem 72 marcas que se classificam como techwear. “Enxergamos esta competitividade no setor como favorável ao negócio, afinal, vemos que tem mais gente desbravando este mercado e isto nos impulsiona”, disse.

Loja física não está nos planos da Cuervo, visto que o e-commerce no Brasil ainda tem um grande espaço a ser explorado. “Já não víamos necessidade da loja física em nosso negócio, que já possui o tech em seu nome. Para se ter uma ideia, a nossa previsão é crescer 208% em faturamento até o final deste ano apenas vendendo online”, explicou Leonardo. Somente em 2020, o crescimento no faturamento foi de 300%. Além disso, a marca reduziu em 50% seu investimento em mídia paga, duplicando seu retorno.

A aspiração do empreendedor com a Cuervo é oferecer algo inovador e de extrema qualidade, com atendimento exclusivo e preço justo. Isto a companhia já faz desde seu nascimento. “A Nuvemshop é uma grande aliada nisso”, afirmou.

Afinal, potencializar e motivar histórias como esta é o propósito da Nuvemshop, que trabalha para alavancar e levar o negócio do lojista para um patamar ainda mais elevado. Desde o lançamento até a expansão, a empresa garante ao pequeno e médio empreendedor acesso à tecnologia de ponta e custos reduzidos por meio de economia de escala que, até então, estavam disponíveis apenas para os gigantes do varejo.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER