Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Crescimento no e-commerce é maior que em lojas físicas

Segunda-feira, 05 de janeiro de 2015

Os dados sobre o varejo de internet divulgados pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) apontam que o setor está ganhando fôlego frente às alternativas físicas de comércio. Em 2014 a estimativa é que o segmento tenha movimentado cerca de R$ 39,5 bilhões, um crescimento de 27% em relação ao ano anterior.

“Apesar da desaceleração da economia que encontra-se em estado de recessão técnica e do aumento no endividamento do brasileiro, o e-commerce nacional ganhou cinco milhões de novos consumidores em 2014, o que contribui para que o setor mantenha as taxas médias de crescimento dos últimos anos”, relata Mauricio Salvador, presidente da ABComm.

O varejo físico não dá prejuízo, apenas está crescendo em ritmo mais lento, de acordo com informação do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar). Com mais de R$ 500 bilhões de faturamento em 2013, o setor cresceu apenas 4,3% sobre o ano anterior, e, para este ano, a estimativa é de cerca de 4,5%.

Apesar da Copa do Mundo não ter causado o impulso esperado nas vendas on e offline no primeiro semestre de 2014, novas datas tais como Black Friday, por exemplo, trouxeram um aumento significativo nas vendas online. “Além disso, o mobile ganha ainda mais poder, o mercado de smartphones duplica de tamanho anualmente e é o objeto mais desejado para as classes C e D. Quem sabe fazer negócios para esse público tem bons resultados, e o e-commerce sabe”, finaliza Mauricio.

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.