Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Correios anunciam reajuste de tarifas em 6,34%

Quinta-feira, 17 de outubro de 2019   Tempo de leitura: 2 minutos

Os Correios reajustaram em 6,34% a tarifa média dos serviços Sedex Hoje, Sedex 10 e Sedex 12 na última segunda-feira (14). O reajuste foi confirmado na quarta-feira (16) pela estatal, segundo a Exame.

Os Correios afirmam que o aumento é uma média ponderada nacional, variando de acordo com origem, destino e tipo de encomenda.

De acordo com a empresa, “a atualização dos preços ocorre para equilibrar o impacto dos custos na prestação dos serviços”. O reajuste não se aplica a clientes que possuem contratos com os Correios.

Privatização e greve

O governo Jair Bolsonaro anunciou a relação de 14 empresas estatais brasileiras que iniciarão o processo de privatização neste ano, com a expectativa de arrecadar R$ 2 trilhões. O pacote inclui os Correios.

A possibilidade de privatização foi uma das causas da greve dos funcionários deflagrada em julho. Para a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a empresa não dá prejuízo e não depende de financiamento público.

“Não necessariamente a privatização vai trazer preços mais acessíveis, inclusive para regiões periféricas, e a precarização de serviços vai ser ampliada. A gente sabe que existe esse fantasma da privatização e combate essa perspectiva”, afirma Fischer Moreira, secretário de imprensa da Fentect.

A paralisação parcial foi suspensa em 17 de setembro.

Com informações da Exame

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.